Dissertação

{pt_PT=Economia de Baixo Carbono nas Escolas - Indicadores-chave de desempenho do projecto ClimACT} {} EVALUATED

{pt=Com o desenvolvimento da civilização cresce a preocupação com as alterações climáticas e várias medidas têm sido tomadas no sentido de construir conhecimento sobre este fenómeno, bem como no sentido de lhe apresentar respostas. O projeto Interreg Sudoe ClimACT, desenvolvido em contexto de cooperação internacional e interdisciplinar, surge com o objetivo de desenvolver uma metodologia sistemática, com ferramentas próprias, que conduza as escolas na sua transição para uma Economia de Baixo Carbono. A metodologia é desenvolvida numa abordagem de investigação-ação em 39 escolas-piloto, de zonas climáticas díspares, línguas distintas e diferentes níveis de ensino, proporcionando cenários reais para a avaliação, otimização, calibração e validação das suas ferramentas. Recorrendo a indicadores-chave de desempenho, é feita uma caracterização ambiental e energética inicial das escolas, que foi definida como situação de referência, tendo sido considerados os seguintes setores: transportes, espaços verdes, procura sustentável, qualidade do ar interior (QAI), resíduos, água e energia. Neste trabalho é apresentada a caracterização de seis escolas ClimACT localizadas em Portugal. Os resultados mostram que existe um importante caminho a percorrer até se atingir a transição para uma EBC, sendo no setor dos transportes e da energia que deverá haver maior investimento. Conclui-se haver espaço para implementação de medidas nos vários setores analisados, sendo dois deles – a energia e os resíduos – bastante atrativos para investimento externo. Quanto aos restantes, estes podem ser otimizados com participação dos pais e da comunidade envolvente. A situação de referência será depois comparada com a situação atingida após a implementação das medidas., en=With society development the concern with the climate change raises and many measures have been taken to build knowledge as well as to provide answers. The Interreg Sudoe ClimACT project, developed in a context of international and interdisciplinary cooperation, emerges with the objective of creating a systematic methodology, with its own tools, that will lead schools in their transition to a Low Carbon Economy (LCE). The methodology is developed in a research-action approach in 39 pilot schools, from several climatic zones, with distinct languages and different levels of education, providing real scenarios for the evaluation, optimization, calibration and validation of its tools. Using key performance indicators, an initial environmental and energy characterization of schools is done, which was defined as a reference situation, with the following sectors being considered: transport, green spaces, sustainable demand, indoor air quality (QAI), waste, water and energy. This work presents the characterization of six ClimACT schools located in Portugal. The results show that there is an important way ahead before reaching the transition to an EBC, and that transport and energy sectors are the ones that need more attention. It is concluded that there is room for implementing measures in the several sectors analysed, two of them - energy and waste - being very attractive for external investment. The remaining sectors can be optimized with the participation of parents and the local community. The reference situation will then be compared with the situation reached after the implementation of the measures. }
{pt=Economia de Baixo Carbono, Indicadores-chave de desempenho, Escolas, Desempenho ambiental e energético., en=Low Carbon Economy, Key Performance Indicators, Schools, Environmental and energy performance.}

Dezembro 12, 2017, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Susana Marta Lopes Almeida

Departamento de Engenharia e Ciências Nucleares (DECN)

Colaborador Docente

ORIENTADOR

Maria Joana Castelo-Branco de Assis Teixeira Neiva Correia

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar