Dissertação

{pt_PT=A pegada hídrica da agricultura portuguesa} {} EVALUATED

{pt=Portugal é um país que tem sido alvo de eventos climáticos extremos nos últimos anos, com temperaturas acima da média e valores de precipitação muito baixos, tornando desafiante a prática da agricultura sob estas condições. Esta dissertação estuda o sector económico responsável pelo maior volume de consumo de água: a agricultura. Foca-se na utilização de água na produção agrícola das principais culturas em Portugal, quantificando a pegada hídrica total e as suas três componentes (verde, azul e cinzenta). Utilizaram-se os dados do ano de 2017 e os resultados foram comparados com os obtidos para um ano normal climatológico. Estimou-se a evapotranspiração de 15 culturas representativas dos vários grupos de produtos agrícolas para as cinco regiões que foram selecionadas para representar a área de Portugal continental. Seguindo a metodologia proposta por Hoekstra et al. (2011), foram estimadas as pegadas hídricas das culturas nas componentes verde, azul e cinzenta, as necessidades de água para rega, a produtividade da água utilizada na agricultura, o conteúdo em água virtual dos produtos agrícolas e o seu fluxo, as pegadas hídricas interna e externa, e a pegada hídrica por habitante para um grupo de 15 culturas agrícolas Comparando o consumo de água das culturas nos dois períodos de estudo, constata-se que a pegada hídrica azul contribui mais que a verde para pegada hídrica total, resultado que é sobretudo percetível no ano de 2017. , en=This dissertation studies the economic sector responsible for the largest volume of water consumption: agriculture. It focuses on the use of water in agricultural production of the main crops in Portugal, quantifying the total water footprint, and its three components (green, blue and grey). The 2017 data were used and the results were compared with those obtained for a normal climatological year. It was estimated the evapotranspiration of 15 representative crops of the various groups of agricultural products for the five regions that were selected to represent the continental Portugal area. Following the methodology proposed by Hoekstra et al. (2011), the water footprints of the crops in the green, blue and grey components, irrigation water requirements, water productivity in agriculture, virtual water content of the agricultural products and respective flows in terms of internal and external water footprints, and water footprint per inhabitant were estimated for the 15 selected crops. Comparing the water consumption of the crops in the two periods, with the blue water footprint contributing more than the green to the total water footprint, a result that is even more noticeable in 2017.}
{pt=Água, Alterações climáticas, Pegada hídrica, Agricultura., en=Water, Climate change, Water footprint, Agriculture.}

Julho 3, 2019, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

Rodrigo De Almada Cardoso Proença de Oliveira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar