Dissertação

{pt_PT=Promoção de Eficiência Energética numa Unidade Industrial de Produção de Sistemas Sanitários } {} EVALUATED

{pt=Esta tese foi realizada no âmbito de um desafio da empresa OLI – Sistemas Sanitários, propondo a realização de uma análise energética à sua principal área industrial e um estudo de possíveis investimentos e ações de melhoria para reduzir os consumos energéticos e os custos associados aos mesmos. Para a realização deste trabalho, fez-se uma análise macro aos padrões de consumo de energia da fábrica e concluiu-se que o edifício analisado consome cerca de 8,49 GWh/ano. Estimou-se que a unidade tem um consumo base de 64,9 MWh/mês, que não depende da quantidade de matéria-prima injetada. A outra componente do consumo, relaciona-se com o consumo de matéria-prima, sendo de 1,47 kWh/Kg de plástico injetado. Estudaram-se diversas propostas de melhoria de eficiência energética estimando-se que, o investimento numa unidade de produção de energia fotovoltaica para autoconsumo permite obter uma poupança de 112.748 €/ano. O sistema de iluminação pode ser melhorado, podendo obter-se uma redução de cerca de 3.500 € anuais. A substituição dos motores atuais por motores de elevada eficiência, e a instalação de variadores eletrónicos de velocidade aos motores, permitem reduzir o valor da fatura energética em 5.857 € e 7.570 € anuais respetivamente. Propõe-se ainda a substituição das máquinas de injeção hidráulicas por máquinas elétricas, mais eficientes, resultando em poupanças na ordem de 8.675 €/ano na máquina estudada. Os períodos de retorno são respetivamente 4,23, 1,2, 10,4 e 5,1 anos. Quanto às melhorias operacionais, realizou-se uma lista de boas práticas que permitem obter reduções energéticas de sensivelmente 17.153 €/ano., en=This dissertation was made based on a challenge of OLI – Sistemas Sanitários, who proposed the fulfilment of an energetic analysis of its industrial area and a study of possible investments and improvement actions aiming the reduction of its energy consumption and associated costs. It was made a primary macro analysis to the consumption patterns of the factory and concluded that the building consumes about 8494,6 MWh/year. It was also estimated that the unit as a base consumption of 64,9 MWh/month, which isn’t related to the raw material injected. The other part of the consumption has to do with the raw material, and it is 1,47 kWh/kg of injected plastic. It was studied many energetic improvements and efficiency proposals and was estimated that the investment on a photovoltaic energy production unit for self-consumption allows to obtain a 112.748 € savings on the first year. The lighting system could be improved, resulting in a reduction of 3.500 € per year. The current motor’s replacement for higher efficiency ones, and the investment on variable speed drivers to the motors allows the reduction of the electrical bill in 5.857 € and 7.570 € per year respectively. It was also proposed the substitution of the injection hydraulic machines for electrical ones, resulting in savings about 8.675 €/year on the studied machine. The paybacks are respectively 4,23, 1,2, 10,4 and 5,1 years. Concerning operational improvements, it was made a list of good habits that allows energy reductions of 17.153 €/year.}
{pt=Eficiência Energética, Auditoria Energética, Ações de Melhoria, Produção de Energia Fotovoltaica, Boas Práticas de Operação, Injeção Plástica., en=Energy Efficiency, Energy Auditing, Improvement Actions, Photovoltaic Energy Production Unit, Good Operating Habits, Injection Moulding.}

Dezembro 5, 2019, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Rui Pedro da Costa Neto

IN+, Centro de Estudos em Inovação, Tecnologia e Políticas de Desenvolvimento

Investigador

ORIENTADOR

Paulo Miguel Nogueira Peças

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar