Dissertação

{pt_PT=Evaluation of Strategic Metals Envisaging thre Sustainable Management: Neodymium Flow and Stock Analysis in Portugal} {} EVALUATED

{pt=A tecnologia está em constante evolução e consequentemente a procura de materiais com propriedades singulares aumenta. Alguns apresentam cadeias de fornecimento problemáticas e são denominados de ‘Matérias Primas Críticas. Um destes grupos chamado ‘Terras Raras’ (TR), são importantes para tecnologias de topo, nomeadamente as tecnologias verdes. Sendo a maioria da sua produção primária na China, o fornecimento de TR está fortemente dependente das suas políticas de exportação. Em 2011 o governo Chinês fez cumprir um embargo às Terras Raras, consequentemente o seu preço aumentou. A União Europeia procura soluções para reduzir a criticidade, apostando na redução, substituição por elementos não-críticos e/ou produção secundária. Enquanto a redução e reutilização têm uma implementação simples e são aplicáveis à maioria das TR, existe um elemento que não pode ser substituído devido às perdas substanciais de desempenho – o neodímio em imanes. A única solução para a redução da criticidade do neodímio é a aposta na reciclagem de resíduos. Ao recuperar toneladas de neodímio (e outros elementos) presentes em minas urbanas, não só se reduz o risco de fornecimento como se reduz a quantidade de resíduos inexplorados, contribuindo para um sistema regenerativo onde os resíduos são utilizados para fornecer matéria-prima para novos bens. A prospeção de elementos críticos, abrem caminho para a mudança de economias lineares para circular ao fornecer a quantidade de materiais que pode ser potencialmente recuperada das suas minas urbanas. Esta prospecção, chegou à conclusão de que, em 2015, a mina urbana de neodímio em Portugal poderá ter gerado 38 toneladas., en=Technology is continually developing, and with it, the demand for materials with particular properties is surging, some have troublesome supply chains and are regarded as ‘Critical Raw Materials’. Amongst them, there’s a group named ‘Rare Earth Elements’ (REE). These elements are important for state-of-the-art technologies including the so-called ‘green technologies’. Having its primary production almost exclusively in China means that REE supply is highly dependent on its exportation policies, e.g. in 2011 China enforced an embargo resulting in prices surges. The European Union is working on solutions to reduce its criticality specifically by reducing its use, substituting with less critical alternatives or investing in secondary production. While reduction and substitution are easier to implement and possible for the majority of REE, there is one highly demanded element that cannot be fully replaced without performance loss – neodymium in magnets. The only viable solution to reduce neodymium criticality is to wager on recovery from waste. By recovering tonnes of neodymium (and other elements) already present within urban mines not only resolves the risky supply issues but also reduces the amount of unexploited waste and contributes for a regenerative system where waste is used to provide materials for new goods. Prospecting critical elements set the ground stone to start changing economies from linear to circular by providing important insight regarding the potential amount of an element that could potentially be recovered from its urban mines. This prospection concluded that in 2015 the Portuguese neodymium urban mine could potentially yield 38 tonnes.}
{pt=Matérias Primas Críticas, Terras Raras, Neodímio, Análise do Fluxo de Materiais, Mina Urbana, Economia Circular, en=Critical Raw Materials, Rare Earth Elements, Neodymium, Material Flow Analysis, Urban Mine, Circular Economy}

Março 15, 2019, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Fernanda Maria Ramos da Cruz Margarido

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Associado