Dissertação

{pt_PT=Avaliação do desempenho de modelos hidrológicos para estimar séries de escoamento } {} EVALUATED

{pt=A presente dissertação tem como objetivo avaliar o desempenho do modelo hidrológico de Thornthwaite-Mather para simular o processo de transformação da precipitação em escoamento numa bacia hidrográfica. Este estudo divide-se em duas partes: avaliar a capacidade de simulação do modelo para intervalos de cálculo mensais e diários; verificar a relação dos parâmetros do modelo com as características da bacia hidrográfica. O modelo é aplicado a 25 bacias hidrográficas em regime natural, em Portugal continental, utilizando o add-in XLWAT4.0 para o MS-Excel. Os parâmetros utilizados na calibração do modelo são a capacidade de água utilizável no solo, H_máx e o coeficiente de repartição do escoamento, α. Conclui-se que o modelo de Thornthwaite-Mather pode ser corrido com um intervalo de tempo diário ou mensal, sendo que os valores a atribuir aos parâmetros H_máx e α são os seguintes: o H_máx apresenta valores iguais para a simulação mensal e simulação diária; a relação entre os valores a atribuir ao α_dia, relacionam-se com os valores do α_mês através de uma função. É também possível verificar a existência de uma regionalização destes parâmetros. Os valores do parâmetro H_máx situam-se entre 200mm e os 300 mm, para bacias hidrográficas nas regiões Norte e Centro e entre 100mm e 250mm para bacias hidrográficas das regiões do Alentejo e Algarve. Em simulações com um passo de cálculo mensal, o parâmetro α_mês ronda os valores 0,5 e 0,7 nas regiões Norte e Centro e os valores 0,7 e 0,9 para as bacias hidrográficas das regiões do Alentejo e Algarve., en=The aim of this study is to evaluate the performance of the hydrological model of Thornthwaite-Mather to simulate the flow of a given watershed. This study is divided into two parts: (1) to evaluate the model's simulation capability for monthly and daily calculation steps, (2) to verify the relation of the model parameters with the characteristics of the watershed. To carry out this analysis, the model was applied to 25 watersheds in continental Portugal with scares human intervention, using the add-in XLWAT 4.0 to MS-Excel. The parameters used in the model calibration are the usable water capacity of the soil, H^máx, and the coefficient of distribution of flow, α. The results show that Thornthwaite-Mather model can run on a daily or monthly time step. The values for H^máx and α parameters are the following: for H^máx values are the same for both simulations; values of α_day , in a daily simulation, are relate to α_month, in a monthly simulation, through a function. It is also possible to verify the possibility of parameter regionalization. In the North and Center regions, the values of H^máx parameter are between 200mm and 300mm and the parameter α_month is constant between 0.5 and 0.7. In the Alentejo and Algarve regions, the values of H^máx parameter are between 100mm and 250mm and the parameter α_month is around 0.7 and 0.9. The α_day values can be obtained from the monthly simulation.}
{pt=Desempenho de modelos hidrológicos, Modelo de Thornthwaite-Mather, XLWAT 4.0, Calibração e validação de parâmetros, Regionalização de parâmetros, en=Hydrologic modelation performance, Thornthwaite-Mather model, XLWAT 4.0,  Parameter calibration and validation, Parameter regionalization}

Dezembro 19, 2016, 16:0

Orientação

ORIENTADOR

Rodrigo De Almada Cardoso Proença de Oliveira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar