Dissertação

{pt_PT=O Lean e a Resistência à Mudança – Diagnóstico e Metodologia de Avaliação Prévia: Um Caso de Estudo} {} EVALUATED

{pt=As filosofias suportadas pela melhoria contínua são, cada vez mais, vistas como uma resposta à competitividade do mercado, imposta pela inovação e customização de produtos e exigência do cliente. Considerando que para o sucesso da sua aplicação é também necessário contar com a disponibilidade e comprometimento dos elementos da organização alvo de melhoria, a Resistência à Mudança torna-se um fator a ser contabilizado. Esta dissertação foca, em primeiro lugar, o diagnóstico Lean da secção de corte de uma empresa de transformação de plásticos e, em segundo, a elaboração de um método de avaliação prévia de Resistência à Mudança que sirva, paralelamente, como ferramenta auxiliar ao planeamento de implementação de soluções. Com esse intuito, foram, para o primeiro, utilizadas diversas ferramentas Lean no diagnóstico da secção – no qual se identificaram vários problemas e se propuseram soluções para combater as suas causas raiz. Posteriormente, para o segundo, e à luz das fontes de Resistência à Mudança revistas na literatura, analisou-se a fase de implementação das soluções. Posto isto, propôs-se um método de avaliação prévia de resistência, segundo as condicionantes que potenciam o seu aparecimento. Por fim, testou-se o método desenvolvido e traçou-se com sucesso o perfil de condicionantes da empresa, tendo-se identificado diversos aspetos a reforçar nos momentos de implementação., en=The philosophies supported by continuous improvement are increasingly seen as an answer to the market’s competitiveness, imposed by product’s innovation and customization, as well as client’s demands. Bearing in mind that for the success of the application of such philosophies it’s also necessary to rely on the availability and compromise of the elements belonging to the organization which intends to improve, Resistance to Change becomes a factor that needs considering. This dissertation focuses, firstly, on a Lean diagnosis performed on the cutting section of a plastics processing company and, secondly, on the proposal of a Resistance to Change evaluation method, which serves, simultaneously, as an auxiliary tool for planning the solutions’ implementation. With that intent, several Lean tools were used in the diagnosis – where problems were identified, and solutions proposed to counteract its root causes. Afterwards, and in light of the causes of Resistance to Change reviewed in literature, the solutions’ implementation phase was analyzed. Thus, it was proposed a method to evaluate Resistance to Change prior to the implementation, based on the conditions that increase the likelihood of its appearance. Lastly, the method was tested and the company’s conditioning profile was successfully traced, having identified several aspects to reinforce in implementation.}
{pt=Lean Manufacturing, Resistência à Mudança, Estrutura de avaliação, Planeamento de implementações Lean, Melhoria Contínua, Transformação de plásticos., en=Lean Manufacturing, Resistance to Change, Evaluation Framework, Lean Implementation Planning, Continuous Improvement, Plastics processing.}

Novembro 21, 2019, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

Paulo Miguel Nogueira Peças

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Helena Craveiro Patrocínio Cecílio

Efficiency Rising, Lda - Erising

Eng. Consultora Lean