Dissertação

{pt_PT=Análise de ciclo de vida para a produção de biocombustíveis a partir de biomassa} {} EVALUATED

{pt=O aquecimento global e as alterações climáticas que se têm vindo a observar desde a segunda metade do século XX estão diretamente relacionadas com a queima de combustíveis fósseis, particularmente no setor dos transportes. A continuação da emissão de gases de efeito de estufa irá agravar o aquecimento do planeta e provocará mudanças duradouras em todos os componentes do sistema climático. Este estudo consistiu na realização de uma avaliação de ciclo de vida da produção de biocombustíveis para transporte, utilizando biomassa como matéria-prima e dentro do contexto da União Europeia. Os processos de produção foram modelados com base na bibliografia publicada, tendo sido implementados no software SimaPro e simulados com três métodos de avaliação distintos. Mais especificamente, este estudo incidiu na produção de syndiesel, metanol, DME, etanol, FAME e biodiesel através de tecnologias como a gaseificação de madeira, gaseificação de licor negro, hidrólise e fermentação, transesterificação, extração Soxhlet e extração supercrítica utilizando matérias-primas como a madeira cultivada, madeira residual, palha, óleo usado, gordura animal e microalgas. Os resultados mostram que o syndiesel, o metanol e o DME são uma potencial alternativa aos combustíveis fósseis convencionais, particularmente quando produzidos através da gaseificação de licor negro e utilizando madeira residual como matéria-prima. A produção de etanol foi a que apresentou maiores impactes, não sendo viável em termos ambientais. Para os métodos de avaliação utilizados a produção de FAME apresentou impactes algo contraditórios, não sendo por isso conclusivos. As tecnologias de produção de biodiesel a partir de microalgas necessitam de investigação mais aprofundada., en=The global warming and climate change effects that have been observed since the second half of the 20th century are directly related to the burning of fossil fuels, particularly in the transport sector. Continued emissions of greenhouse gases will aggravate the global warming effects and will cause lasting changes in all components of the climate system. This study consisted of a life cycle analysis of the production of biofuels for transport, using biomass as feedstock and within the context of the European Union. The production processes were modeled based on the published literature, were implemented in the SimaPro software and were simulated with three different methods of analysis. More specifically, this study focused on the production of syndiesel, methanol, DME, ethanol, FAME and biodiesel through technologies such as wood gasification, black liquor gasification, hydrolysis and fermentation, transesterification, Soxhlet extraction and supercritical extraction using raw materials such as farmed wood, wood residues, straw, used cooking oil, animal fat and microalgae. The results show that syndiesel, methanol and DME are a potential alternative to conventional fossil fuels, particularly when produced by gasification of black liquor and using wood residues as feedstock. The production of ethanol showed the biggest impacts and is not environmentally viable. For the analysis methods used, the production of FAME presented somewhat contradictory impacts and is therefore no conclusions can be made. Technologies for producing biodiesel from microalgae need further investigation.}
{pt=biocombustível, biomassa, ciclo de vida, gases de efeito de estufa, en=biofuel, biomass, life cycle, greenhouse gases}

Junho 14, 2019, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Inês Esteves Ribeiro

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Ana Filipa da Silva Ferreira

IST

Investigadora de Pós Doutoramento na área de Ambiente e Energia do departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico