Dissertação

{pt_PT=Análise e Otimização do Desempenho Ambiental da Área Fabril da SGL Composites} {} EVALUATED

{pt=Na tentativa de reduzir as emissões de poluentes a legislação tem evoluído no sentido do seu controle mais rigoroso impondo limites mais baixos de emissão o que obriga as indústrias a reverem o seu desempenho ambiental de modo a adaptarem-se aos novos limites. O objetivo deste estudo foi avaliar e otimizar desempenho ambiental SGL Composites em relação às suas emissões atmosféricas. Para tal foram analisadas as fontes FF1, responsável pela exaustão dos secadores de polímero na área CP, FF5, responsável pela exaustão dos reatores de produção de polímero da área CP, FF21, responsável pela exaustão dos reatores de xarope da área DP e as FF2, FF3 e FF4, responsáveis pela exaustão da área SP. A informação relativa à monitorização das mesmas, mostrou que estas cumpriam os limites de emissão impostos no Decreto-Lei nº39/2018, de 11 de junho, e que a relação entre emissões e produção era de 3±1 kg de partículas/ton polímero produzido. O cálculo da altura das chaminés revelou que a FF1, FF2, FF3 e FF4 eram cerca de 5m inferiores ao estipulado pela legislação atual enquanto a FF5 e FF21 são cerca de 10m mais altas do que o exigido. Por fim, o estudo sobre a dispersão de partículas emitidas pela FF1, usando um modelo de dispersão de gauss, mostrou que, em certas condições atmosféricas, podem ocorrer situações de valores de concentração acima do limite da qualidade do ar na zona habitacional na vizinhança da fábrica. , en=In an attempt to reduce pollutant emissions, legislation has evolved towards a more strict control by imposing lower emission limits, which forces industries to review their environmental performance in order to adapt to new limits. The aim of this study was to evaluate and optimize SGL Composites environmental performance in relation to its atmospheric emissions. For this purpose, the sources FF1, responsible for the exhaustion of the polymer dryers in the CP area, FF5, responsible for the exhaustion of the polymer production reactors in CP area, FF21, responsible for the exhaustion of the syrup reactors in the DP area, and FF2, FF3 and FF4, responsible for the exhaustion of the SP area, were all analysed. Information from their monitoring schemes showed that they abided with the emission limits stated in the Law-Decree no. 39/2018, of June 11th, and that the ratio between emissions and production was 3 ± 1 kg of particles / ton polymer produced. The Chimney height calculation revealed that FF1, FF2, FF3 and FF4 were about 5m lower according to the legislation, while FF5 and FF21 were about 10m higher than the required. Finally, the study of particle dispersion emitted by FF1, using a gauss dispersion model, showed that under certain atmospheric conditions, concentration values above the air quality limit could occur in the residential area next to the factory.}
{pt=SGL Composites, Emissões Atmosféricas, Partículas, Compostos Orgânicos Voláteis, en=SGL Composites, Atmospheric Emissions, Particles, Volatile Organic Compounds.}

Dezembro 9, 2019, 16:0

Orientação

ORIENTADOR

Fábio Miguel Pereira Marques

SGL COMPOSITES, S.A.

Especialista

ORIENTADOR

Maria Joana Castelo-Branco de Assis Teixeira Neiva Correia

Departamento de Engenharia Química (DEQ)

Professor Auxiliar