Dissertação

{pt_PT= Origin of natural occurring groundwater salinity and hydrogeochemical processes in the island of Porto Santo (Portugal)} {} APPROVED

{pt=Resumo Estudos hidrogeoquímicos e isotópicos detalhados realizados na ilha vulcânica de Porto Santo revelaram salinidades e concentrações de iões em solução muito elevadas nas águas subterrâneas, as quais têm assim uma utilização limitada para abastecimento doméstico, agrícola e turístico. A salinidade das águas subterrâneas encontradas nas principais formações aquíferas tanto de origem vulcânica como sedimentar pode estar associada quer a processos naturais como a geologia e o clima (aerossol marinho, escassas chuvas, elevada evapotranspiração) como a processos antropogénicos locais, devido à intrusão de água do mar induzida pela captação de água subterrânea para irrigação dos terrenos ao longo da costa onde se situam os principais empreendimentos turísticos. Águas subterrâneas de fácies predominantemente Na-Cl-(HCO3) e tempos de residência relativamente reduzidos são encontradas em aquíferos que revelam razões molares Na/Cl superiores às da água do mar e que indicam assim o contributo dos processos de interação água-rocha. Os resultados obtidos dos isótopos estáveis da água subterrânea e estudos de zona não saturada confirmam complementarmente que as águas subterrâneas sofreram uma evaporação significativa que contribui para o aumento da sua salinidade. As elevadas salinidades naturais também estão associadas a um aumento na concentração de elementos menores e de oligoelementos (As, B, F e Si). O alto teor de fluoreto nas amostras de águas subterrâneas, acima do valor limite de água potável de 1,5 mg/L, está potencialmente associada aos problemas de fluorose dentária que afectam uma parte significativa da população da ilha. , en=Abstract Detailed hydrogeochemical and isotopic studies indicate high baseline concentrations and salinities in groundwater bodies of Porto Santo volcanic island limiting the water uses for domestic, agriculture and tourism supply. Natural groundwater salinity in the weathered volcanic and carbonate rich aquifers is usually the combined effect of geological and tectonic evolution, climatic forcing in the form of sea salt aerosol, meagre rainfall, high evapotranspiration and eventually, locally induced sea water intrusion. Dominant Na-Cl-HCO3 groundwaters with short residence times are found in freshening aquifers with Na/Cl molar ratio values above the sea water mixing line. Results obtained from the stable isotopes of the water confirms that groundwater has undergone significant evaporation. Natural high salinities are also associated with an increase in concentration of minor and trace elements (As, B, F, and Si). High fluoride content in the groundwater samples above the drinking water limit value of 1.5 mg/L gestures towards the prevailing fluorosis disease in the population of the island. }
{pt=hidrogeoquímica, nível de referência, salinidade, aquíferos costeiros, ilhas vulcânicas, en=hydrogeochemistry, baseline, salinity, coastal aquifers, islands}

Orientação

ORIENTADOR

João Baptista Pereira Silva

Universidade de Aveiro

Especialista

ORIENTADOR

Maria Teresa Condesso de Melo

Civil, Engenharia, Respostas e Inovação para a Sustentabilidade (CERIS)

Especialista