Disciplina

Área

Área Científica de Ambiente e Energia > Planeamento e Desenvolvimento Sustentável

Activa nos planos curriculares

MEAmbi 2008 > MEAmbi 2008 > 2º Ciclo > Perfil > Perfil de Tecnologias Ambientais > Tronco Comum > Planeamento Biofísico

MEAmb 2006 > MEAmb 2006 > 2º Ciclo > Perfil > Perfil de Tecnologias Ambientais > Tronco Comum > Planeamento Biofísico

Nível

Exame final e um trabalho.

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

2.0 h/semana

1.5 h/semana

77.0 h/semestre

Objectivos

O objectivo da disciplina é o de integrar matérias sectoriais, de âmbito físico, ecológico e cultural, no Sistema Paisagem, conferindo aos futuros Engenheiros do Ambiente a capacidade de comunicação transdisciplinar, ao nível do Planeamento Biofísico.

Programa

1.Conceitos - O.T, Planeamento estratégico, Aptidão, Impacte Ambiental, Carta Europeia do O.T, Lei de Bases do Ambiente – lei 11/87 de 7 de Abril 2.Componente Ecológica do O. T. - Os Recursos Naturais como factores de O. T., entre estes: a Morfologia do Terreno, o Solo (com capacidade de produção de biomassa em Portugal), a Água, a Vegetação climácica e introduzida, o Topoclima e as suas inter-relações existentes, quer a nível da paisagem urbana, quer rural. A Matriz de utilização da Paisagem pelas actividades humanas (edificação, agricultura, silvicultura, infraestruturas) 3. A Sustentabilidade Ecológica no O. T. - Condicionamentos à edificação (Plano Negativo em relação à edificação) Reserva Ecológica Nacional (REN) . Reserva Agrícola Nacional (RAN). Domínio Público Hídrico. Transposição dos princípios da REN, RAN e DPH para o espaço urbano - Estrutura Ecológica Urbana. Aplicações. Rede Nacional de Áreas Protegidas. Outras servidões administrativas 4 Retrospectiva das Metodologias de O. T. - Método Mac Harg. Contestações ao Método Mac Harg (Abordagem Sistémica). Validade perante a situação actual do planeamento em Portugal. Da sobreposição manual aos SIG. Sistemas de valoração em O. T. Recursos. Valor Ambiental Agregado. Aptidões. Impactes 5 Metodologia de Intervenção com Base no Conceito de Paisagem Global. Morfologia da Paisagem - Estrutura Ecológica e Estrutura Edificada. Pontuações da Paisagem. Áreas Tipológicas (Verdes, Edificadas). Aplicações. Utilização de um Sistema de Informação Geográfica (Arc View / Arc Gis) com vista à elaboração de cartas temáticas de caracterização biofísica do território e sua integração numa Carta de Aptidão Biofísica à edificação. Aplicação à área Sul do Concelho de Sintra. Primeira avaliação e comparação com o respectivo PDM.

Metodologia de avaliação

Exame final e um trabalho.