Disciplina

Área

Área Científica de Mecânica Estrutural e Computacional > Mecânica dos Sólidos e Estrutural

Activa nos planos curriculares

MEAer 2017 > MEAer 2017 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

LENO 2021 > LENO 2021 > 1º Ciclo > Área Principal > Mecânica dos Materiais

LEMec 2021 > LEMec 2021 > 1º Ciclo > Área Principal > Mecânica dos Materiais

MEM 2017 > MEM 2017 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

LEAN 2006 > LEAN 2006 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

LEMat 2006 > LEMat 2006 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

MEAer 2006 > MEAer 2006 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

MEMec 2006 > MEMec 2006 > 1º Ciclo > Mecânica dos Materiais

Nível

Trabalhos de laboratório com relatório ao longo das aulas (20%), 3 Mini-Testes nas aulas (30%) e Exame Final(50%). O Exame Final tem nota mínima de 8 valores.

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

3.0 h/semana

0.5 h/semana

119.0 h/semestre

Objectivos

Compreender os mecanismos de deformação de componentes estruturais sujeitos a esforços axiais, de flexão e de torção, atuando individual ou conjuntamente. Adquirir capacidade de dimensionar treliças, vigas e veios de transmissão.

Programa

Conceito de tensão. Tensões normais e de corte. Tensão admissível e fator de segurança. Conceito de deformação. Deformações normais e de corte. Diagrama tensão-deformação. Comportamento elástico. Lei de Hooke. Esforço axial. Deformação elástica de barra carregada axialmente. Barras estaticamente indeterminadas. Método da sobreposição. Problemas envolvendo variações de temperatura. Torção. Deformação de torção de veios de secção circular em regime elástico. Tensão de torção. Ângulo de torção. Veios estaticamente indeterminados. Flexão. Diagramas de esforço transverso e momento fletor. Deformação de flexão de viga reta com plano de simetria em regime elástico. Tensão normal de flexão. Flexão não simétrica. Tensão de corte devido a esforço transverso. Tensão de corte em perfis de parede fina. Centro de corte. Cargas combinadas. Tensões devido a cargas combinadas. Deformada de vigas. Curva elástica. Cálculo da deformada de vigas. Vigas estaticamente indeterminadas.

Metodologia de avaliação

Trabalhos de laboratório com relatório ao longo das aulas (20%), 3 Mini-Testes nas aulas (30%) e Exame Final(50%). O Exame Final tem nota mínima de 8 valores.

Pré-requisitos

Álgebra, Mecânica Aplicada I.

Componente Laboratorial

Realização de 3 trabalhos experimentais, em grupos de 3 alunos, sobre os capítulos da matéria, utilizando diversas técnicas de medição e com diferentes níveis de precisão. Lab 1 - Determinação experimental da rigidez à torção GJ de veios Lab 2 - Determinação experimental da rigidez à flexão EI de vigas Lab 3 - Medição experimental da deformada de vigas

Princípios Éticos

Todos os membros do grupo são responsáveis pelo trabalho do grupo. Em qualquer avaliação, todo o aluno deve divulgar honestamente qualquer ajuda recebida e fontes usadas. Numa Avaliação oral, todo aluno deverá ser capaz de apresentar e responder a perguntas sobre toda a avaliação.

Componente de Programação e Computação

N/A.

Componente de Competências Transversais

- Pensamento crítico e inovador: criatividade, pensamento estratégico, resolução de problemas, tomada de decisão. - Competências interpessoais: preparação e organização do trabalho de laboratório em equipa, discussão de hipóteses consideradas e resultados obtidos. - Competências Intrapessoais: autodisciplina, entusiasmo, preseverança, auto motivação, utilização de ferramentas informáticas para cálculos e apresentação de documentos - Literacia da informação e dos média: capacidade de localizar e aceder a informação, bem como de analisar, filtrar e avaliar o seu conteúdo. Estas competências serão avaliadas durante as aulas de laboratório com peso de 5%.

Bibliografia

Principal

"Mechanics of Materials"

R.C. Hibbeler

2018

10th edition in SI Units, Pearson


"Mechanics of Materials"

F. Beer, E.R. Johnston, J. DeWolf, D. Mazurek

2015

7th edition in SI Units, McGraw Hill