Disciplina

Área

Área Científica de Engenharia e Arquitectura Naval > Engenharia e Arquitectura Naval

Activa nos planos curriculares

LENO 2021 > LENO 2021 > 1º Ciclo > Área Principal > Máquinas e Sistemas Marítimos

MENO 2017 > MENO 2017 > 2º Ciclo > Áreas de Especialização > Transportes Marítimos e Portos > Obrigatórias > Máquinas e Sistemas Marítimos

MEAN 2006 > MEAN 2006 > 2º Ciclo > Tronco Comum > Máquinas e Sistemas Marítimos

Nível

Dois testes (com respescagem individual) + projeto final com entrega de relatório. Pesos : 1º teste 25% + 2º Teste 25% + Projeto: 50% . Nota mínima em cada teste 8.0 Valores em 20.

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

2.0 h/semana

1.5 h/semana

119.0 h/semestre

Objectivos

Ministrar conhecimentos gerais relativos às instalações propulsoras e demais sistemas marítimos auxiliares existentes nos navios, com maior ênfase no entendimento dos fatores que influenciam a seleção dos sistemas que possibilitam a mobilidade, o governo, a habitabilidade e a operacionalidade do navio. Descrever as características fundamentais, os princípios de funcionamento, e calcular os principais parâmetros de projecto das máquinas e equipamentos típicos das instalações marítimas, usando a terminologia específica da actividade naval. Estabelecer as configurações simplificadas dos sistemas de bordo mais importantes e desenvolver processos de cálculo tendentes ao respectivo dimensionamento. Utilizar software comercial para efectuar representação gráfica tridimensional de apoio à modelação e integração a bordo dos vários equipamentos e redes de encanamentos.

Programa

dentificação e descrição dos sistemas de propulsão e auxiliares dos navios. Características das instalações propulsoras mais comuns e análise dos componentes. Descrição das soluções correntes de automação e de controlo de funcionamento da instalação propulsora e dos sistemas auxiliares. Sistemas de transmissão: configuração e dimensionamento. Ajustamento entre o motor e hélice. Propulsão elétrica, LNG e Hidrogénio. Sistemas combinados de propulsão. Redes de fluidos dos navios. Componentes principais e acessórios das redes de encanamentos: dimensionamento e seleção. Sistemas de produção de água doce a bordo. Sistema de governo. Sistemas de estabilização de balanço. Máquinas de convés e aparelhos de movimentação de carga. Prevenção da poluição marítima: MARPOL 73/78, tratamento de resíduos sólidos, líquidos e gases. Aspectos particulares de instalação de máquinas. Ensaios e provas de entrega do navio.

Metodologia de avaliação

Dois testes (com respescagem individual) + projeto final com entrega de relatório. Pesos : 1º teste 25% + 2º Teste 25% + Projeto: 50% . Nota mínima em cada teste 8.0 Valores em 20.

Pré-requisitos

Conhecimentos de resistência e propulsão de navios, de termodinâmica aplicados a motores de combustão interna e aos sistemas de refrigeração e ar-condicionado, assim como os conhecimentos básicos de mecânica aplicada que são utilizados no projeto de órgão de máquinas são uma vantagem clara no processo de aprendizagem da cadeira de MSM.

Componente Laboratorial

N/A

Princípios Éticos

Todos os membros de um grupo são responsáveis pelo trabalho de grupo. Em qualquer avaliação todo os aluno deve divulgar honestamente qualquer ajuda recebida e fontes usadas. Numa avaliação oral, todo o aluno deverá ser capaz de apresentar e responder a perguntas sobre toda a avaliação.

Componente de Programação e Computação

N/A

Componente de Competências Transversais

Esta UC permite o desenvolvimento de competências transversais em Pensamento Crítico, nomeadamente pensamento estratégico e abordagens à resolução de problemas, nas apresentações e miniprojeto; Competências interpessoais e intrapessoais (oral, organizacional e trabalho em equipa, autodisciplina, perseverança, auto-motivação nas apresentações e projeto, e Literacia da informação e dos media (capacidade de localizar e aceder a informações, bem como para analisar e avaliar os conteúdos dos media, nas apresentações e projeto. A percentagem de avaliação associada a estas competências nesta UC deve ser cerca de 6%.

Bibliografia

Principal

Introduction to Marine Engineering

D.A.Taylor

2003

5th Edition


Rules and Regulations for the Classification of Ships

Sociedades Classificadoras diversas, DNV, BV, LRS,

0

Diversos


Course notes

S. Ribeiro e Silva

2011

Lisboa, 2011/2012.


null

null

null

null


Internal Combustion Engine Fundamentals

J. B. Heywood

1988

Ed. Mcgraw-Hill International, 1988.


Pounder?s Marine Diesel Engines and Gas Turbines

D. Woodyard

2004

Ed. Elsevier Butterworths-Heinmann, 8th edition


Ship Design and Construction

R. Taggart

1980

SNAME