Disciplina

Área

Área Científica de Engenharia e Arquitectura Naval > Engenharia e Arquitectura Naval

Activa nos planos curriculares

MENO 2017 > MENO 2017 > 2º Ciclo > Áreas de Especialização > Transportes Marítimos e Portos > Opcionais > Organização e Gestão Portuária

MEAN 2006 > MEAN 2006 > 2º Ciclo > Área de Especialização > Transportes Marítimos e Portos > Organização e Gestão Portuária

Nível

A avaliação da cadeira será feita com base na análise de casos de estudo (50%) e num exame final (50%).

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

3.0 h/semana

1.5 h/semana

105.0 h/semestre

Objectivos

Preparar o aluno para actuar em operações portuárias, planeamento portuário, administração portuária, consultoria portuária, ou prosseguir estudos mais avançados nessas áreas.

Programa

Evolução histórica; as várias gerações de portos; funções e importância; infra-estruturas e serviços; classificação de portos, Foreland, hinterland e inland portuários. Clusters do mar. Política Portuária. Entidades públicas; funções da Autoridade portuária, a interligação com outras autoridades e respectivas funções. Entidades privadas. Terminais dedicados. Legislação e Regulamentos Especiais. Sistema de Autoridade marítima; código ISPS; Safe Sea Net; Agência de Segurança Marítima; integração ambiental das instalações portuárias. Harbour master. Integração dos portos nas Cadeias de Valor. Acessibilidades e constrangimentos (acessos marítimos e terrestres, infra-estruturas e interfaces). Ligação aos mercados de produção e consumo. Circulação em vazio e impedância portuária; Planeamento e Desenvolvimento Portuário. Análise da procura; determinação das capacidades; tecnologias; determinação dos requisitos do projecto; desenho dos terminais; selecção do equipamento; análise financeira. Gestão por parte dos concessionários; Interfaces portuárias. Serviços marítimos; sistema de gestão de tráfego (VTS); serviços de pilotagem, reboques, abastecimento a navios nos portos; Serviços terrestres e ligações multimodais. Desempenho de portos e terminais portuários. Modelação e técnicas analíticas; modelos de decisão; indicadores de performance; modelo DEA. Organização e Gestão Portuária Competitiva. Análise do desempenho de portos nacionais e internacionais. A movimentação de contentores no mundo. Logística dos contentores vazios. Rotas e comércio internacional.

Metodologia de avaliação

A avaliação da cadeira será feita com base na análise de casos de estudo (50%) e num exame final (50%).

Bibliografia

Principal

A critical review of conventional terminology for classifying seaports.

K. Bichou and R. Gray

2005

Transportation Research Part A: Policy and Practice, 39 (1), 75-92.


Global Logistics and Macro Logistics (in Portuguese: Logística Global e Macrologística)

J. C. Q. Dias

2005

Edições Sílabo.


Competitive policies for commercial seaports in the EU

C. Perez-Labajos and B. Blanco

2004

Marine Policy, 28 (6), 553-556.


Seaport privatization, efficiency and competitiveness: Some empirical evidence from container seaports (terminals).

J. L. Tongzon and W. Heng

2006

Transportation Research, Part A, 39, 405?424.


The European Seaport Industry: An analysis of its Economic Efficiency.

L. Trujillo and B. Tovar

2007

Maritime Economics & Logistics, 9, 148-171.