Disciplina

Área

Área Científica de Engenharia e Arquitectura Naval > Engenharia e Arquitectura Naval

Activa nos planos curriculares

MENO 2021 > MENO 2021 > 2º Ciclo > Área Principal > Tronco Comum > Fiabilidade e Manutenção de Sistemas

MEAer 2017 > MEAer 2017 > 2º Ciclo > Especializações > Aeronaves > Opções > Opções 9º Semestre > Fiabilidade e Manutenção de Sistemas

MENO 2017 > MENO 2017 > 2º Ciclo > Tronco Comum > Fiabilidade e Manutenção de Sistemas

MEAN 2006 > MEAN 2006 > 2º Ciclo > Tronco Comum > Fiabilidade e Manutenção de Sistemas

Nível

Trabalho de grupo obrigatório com elaboração de relatório, apresentação e discussão (50%) e um exame final (50%). O exame e o trabalho em grupo requerem uma classificação mínima de 10 valores em 20 (cada).

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

1.0 h/semana

0.75 h/semana

59.5 h/semestre

Objectivos

Proporcionar aos alunos o conhecimento e os instrumentos necessários para calcular a fiabilidade de equipamentos e sistemas. Na conclusão da unidade curricular, os alunos devem ser capazes de: - construir modelos probabilísticos de tempo de vida de componentes, - modelar e analisar sistemas de componentes, - identificar componentes críticos (ou modos de falha) e identificar formas eficientes melhorar o desempenho dos sistemas através de melhorias no projeto.

Programa

Introdução dos conceitos de fiabilidade de componentes e sistemas. Ensaios de vida. Estimação de parâmetros a partir de dados. Modelo Weibull para fiabilidade de componentes. Modelos compostos. Modelo misto tipo Weibull. Fiabilidade de Sistemas: Análise qualitativa de Sistemas. Diagramas de Fiabilidade. Cálculo da fiabilidade de sistemas. Projeto de Sistemas Redundantes: Redundância ativa e de reserva. Modos comuns de falha. Redundância 1/n e m/N. Redundância em configurações complexas.

Metodologia de avaliação

Trabalho de grupo obrigatório com elaboração de relatório, apresentação e discussão (50%) e um exame final (50%). O exame e o trabalho em grupo requerem uma classificação mínima de 10 valores em 20 (cada).

Pré-requisitos

N/A

Componente Laboratorial

N/A

Princípios Éticos

Todos os membros de um grupo são responsáveis pelo trabalho do grupo. Em qualquer avaliação, todo o aluno deve divulgar honestamente qualquer ajuda recebida e fontes usadas. Numa avaliação oral todo o aluno deve ser capaz de apresentar e responder a perguntas sobre toda a avaliação.

Componente de Programação e Computação

N/A

Componente de Competências Transversais

A UC permite o desenvolvimento de competências transversais em: - Pensamento crítico e inovador e abordagens à resolução de problemas, no desenvolvimento de estudos de caso e do projeto da UC. - Competências interpessoais e intrapessoais (comunicação oral e escrita, organizacional e trabalho em equipa, autodisciplina, gestão do tempo, perseverança, auto-motivação), no desenvolvimento do projeto da UC em grupo e sua apresentação e discussão. - Literacia da informação e dos media desenvolvida através da pesquisa de informação e utilização de ferramentas informáticas no desenvolvimento do projeto da UC, elaboração do relatório e apresentação. A percentagem de avaliação associada a essas competências é da ordem dos 20%.

Bibliografia

Principal

Introduction to Reliability Engineering

E.E. Lewis

1987

John Wiley & Sons


Systems Reliability Theory

A. Hoyland & M. Rausand

1994

John Wiley & Sons


An Introduction to Reliability and Maintainability Engineering

C. E. Ebeling

1997

New York: McGraw-Hill Int. Editions


Weibull Models

D. N. Prabhakar Murthy Min Xie Renyan Jiang,

2004

D. N. Prabhakar Murthy Min Xie Renyan Jiang, Weibull Models, 2004 John Wiley & Sons, Inc