Dissertação

{pt_PT=Interação baseada na personalidade} {} EVALUATED

{pt=A personalização assume um papel importante no desenvolvimento web, visto que qualquer que seja o produto, o principal objectivo consiste em tornar a experiência satisfatória para o utilizador. A personalização pode ter um contributo fundamental para atingir este objectivo, uma vez que, se o produto criado for de encontro às preferências dos utilizadores então a probabilidade de estes se sentirem satisfeitos com a experiência será maior. Actualmente, já existem diversos sistemas de recomendação baseados nas preferências do utilizador inferidas através de hábitos de pesquisas anteriores, porém, a personalização pode ser mais profunda. Este estudo permitiu analisar diversas formas de efectuar esta personalização, sendo que avaliou o impacto de se adaptar os conteúdos à personalidade do utilizador, em particular, no contexto de preenchimento de formulários online. Estudou-se como é que as componentes e o layout dos formulários pode influenciar a satisfação dos utilizadores relativamente à sua experiência de preenchimento. Dada a importância de classificar objectivamente a personalidade, recorreu-se ao modelo Big Five, nomeadamente à dimensão openness to experience que está relacionada com o nível de abertura da pessoa para explorar situações menos tradicionais. Para explorar esta dimensão, incluiu-se no formulário personalizado aspectos menos convencionais, mesmo quando podem quebrar regras de usabilidade. Os resultados sugerem que as pessoas mais receptivas a novas experiências (openness) não se importam de perder mais tempo a realizar a experiência, desde que seja satisfatória. Os resultados também sugerem a possibilidade da tarefa de preenchimento poder influenciar o relato dos utilizadores relativamente à sua abertura a novas experiências, en=Customization is assuming an important role in web development, since whatever the product we want to create, the main objective is to make the experience satisfactory for the user. Customization can make a fundamental contribution to achieve this goal, since if the product created meets the preferences of the users then the probability of them being satisfied with the experience will be greater. Currently, there are several recommendation systems based on user preferences inferred through previous research habits, however, customization can be much deeper. This study allowed us to analyze several ways of customization, in order to evaluate the impact of adapting the contents to the user’s personality, in particular, in the context of online forms. We also studied how the components and layout can influence the user’s satisfaction regarding their experience of filling out forms. Given the importance of classifying the personality type more objectively, the Big Five Model was used to adapt the contents to the user, namely the openness to experience dimension that is related to the level of openness to explore less traditional situations. In order to effectively explore this dimension, we included in the custom form less traditional aspects, even when these can break some usability rules. The results suggest that people who are more receptive to new experiences (openness) don’t mind wasting more time doing the experiment, but it has to be satisfactory. The results also suggest that the task of filling can influence the users' reports regarding their openness to new experiences.}
{pt=personalização, modelo dos cinco fatores, satisfação dos utilizadores, preenchimento de formulários, openness, quebra de usabilidade, en=customization, big five model, user’s satisfaction, openness, filling out forms, breaking usability}

Junho 21, 2019, 10:30

Orientação

ORIENTADOR

Carlos António Roque Martinho

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar