Dissertação

{pt_PT=Records Management Support in the Interoperability Framework for the Portuguese Public Administration} {} EVALUATED

{pt=A Administração Pública Portuguesa é um meio altamente regulado, implicando que os processos de negócio que envolvem entidades deste domínio estejam sujeitos a requisitos de gestão documental, sendo que os metadados devem ser produzidos regularmente, ao longo da criação dos objetos de negócio. Nesse sentido, quando entidades deste domínio trocam informações entre si, é útil para as entidades envolvidas que os metadados criados possam ser trocados, o que requer um entendimento comum da informação transmitida. Para atingir esse objetivo, foram desenvolvidas em Portugal, várias medidas de interoperabilidade, levantando-se agora o desafio da sua implementação. A Administração Pública Portuguesa possui uma infraestrutura central para a interoperabilidade, que, no entanto, não abrange, ainda, transações em que a troca de documentos possa ser acompanhada pelos seus metadados. Este trabalho apresenta um modelo de metadados para a interoperabilidade na Administração Pública Portuguesa, aplicando um Modelo de Dados Canónico, cujo desenvolvimento contemplou a directrizes nacionais autenticadas. A solução proposta é comparada com outro modelo de metadados, e as suas qualidades são avaliadas com base na framework de qualidade de metadados Bruce-Hillman. Ademais, uma análise da solução proposta, embora limitada, revela que esta promove interoperabilidade semântica na plataforma de interoperabilidade portuguesa, assegurando que o significado original da informação trocada é mantido. Por fim, este trabalho descreve diversas direções de pesquisa e desenvolvimento para o aprimoramento da solução proposta., en=The Portuguese public administration is a highly regulated environment. This implies that business processes involving entities of this domain, are subject to strong requirements for records management, meaning that metadata must be produced and maintained along with the regular business objects, to enable effective information exchange. In that sense, when entities of this domain engage in exchanges of information, it is helpful for those involved if the metadata produced can be exchanged, which requires it to be commonly understood. To support that goal, national guidelines have been developed in Portugal, raising now the challenge of their implementation. The Portuguese public administration already has a core infrastructure for interoperability, which however does not comprise, yet, support for transactions where the exchange of regular business information objects can be accompanied by metadata objects for the sake of a good records management. This research presents a metadata schema for interoperability in the Portuguese public administration as a case of application of the Canonical Data Model methodology, whose development contemplated approved national guidelines and definitions. The proposed solution is contrasted against other data models, and its qualities are assessed using the Bruce-Hillman metadata quality framework. Furthermore, the analysis of the proposed solution, albeit limited, reveals that it promotes semantic interoperability within the Portuguese interoperability platform, by ensuring the information exchanged retains its original meaning. Lastly, this work outlines several research and development directions for the improvement of the proposed solution.}
{pt=Gestão de Informação, Administração Pública, Interoperabilidade, Sistemas de Gestão Documental, Modelo de Dados Canónico, en=Information Management, Public Administration, Interoperability, Records Management Systems, Canonical Data Model}

Outubro 29, 2018, 13:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

André Ferreira Ferrão Couto e Vasconcelos

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

José Luís Brinquete Borbinha

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado