Dissertação

{pt=Enterprise Architecture without Tiers} {} EVALUATED

{pt= Num ambiente empresarial em evolução contínua, as mudanças organizacionais são cada vez mais uma constante. Muitas dessas mudanças implicam alterações nos sistemas de informação, existindo assim uma crescente necessidade de garantir que as arquitecturas empresariais são flexíveis, adaptáveis e escaláveis de forma a suportar a nova realidade. Actualmente, uma grande parte das empresas tem a sua arquitectura assente num paradigma de modelação por camadas, em que os sistemas são modelados segundo três principais camadas: dados, lógica e apresentação. Este tipo de modelação, associado à centralização da informação e à implementação com foco na tecnologia, não se encontra adequado para as frequentes mudanças que as organizações enfrentam. Assim, a Enterprise Architecture without Tiers pretende apresentar um novo paradigma de interacção de serviços unificados (humanos ou tecnológicos), em que o principal objectivo é a modelação de sistemas com uma maior proximidade à realidade, permitindo prever que pequenas alterações no negócio se traduzam em pequenas alterações nos sistemas. Ao diminuir o risco e o impacto de alterações nos sistemas, este novo paradigma apresenta-se como uma solução com fortes características em termos de flexibilidade, alterabilidade, adaptabilidade, escalabilidade e interoperabilidade. Adicionalmente, apresenta a grande aposta na qual se deve basear a modelação de arquitecturas empresariais: o mundo real e as interacções humanas. , en= In a continually changing business environment, organizational changes are increasingly a constant. Many of these changes involve alterations in information systems, so there is a growing need to ensure that the enterprise architectures are flexible, adaptable and scalable to support the new reality. Currently, a large number of companies are based on an architecture layered modeling paradigm, which systems are modeled according to three main layers: data, logic and presentation. This type of modeling, coupled with information centralization and technology based implementations, is not suitable for frequent changes that organizations face. Enterprise Architecture without Tiers presents a new interaction paradigm of unified services (human and technological), which the main objective is modeling systems with a greater closeness to reality, allowing us to predict that small changes in the business are translated into small changes in the systems. By reducing the risk and impact of systems changes, this new paradigm presents itself as a solution with strong characteristics of flexibility, modifiability, adaptability, scalability and interoperability. Additionally, it presents a big bet on which enterprise architecture modeling should be based on: real world and human interactions. }
{pt=Mudança Organizacional, Serviços Unificados, USF, SIL, en=Organizational Changes, Unified Services, USF, SIL}

Novembro 17, 2010, 9:30

Orientação

ORIENTADOR

José Carlos Martins Delgado

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado