Dissertação

{pt_PT=EDITE: Edição de texto por voz em dispositivos móveis} {} EVALUATED

{pt=A reduzida dimensão dos teclados virtuais e a inexistência de pistas tácteis, tornam a sua utilização difícil, propensa a erros e lenta. Tal é particularmente relevante para utilizadores cegos. A utilização de interfaces por voz para escrita em dispositivos móveis tem vindo a revelar-se uma alternativa viável. No entanto, os utilizadores cegos enfrentam barreiras na revisão do texto inserido e passam 80% do seu tempo em operações de edição, sendo forçados a usar o teclado virtual. Nesta dissertação propomos a Edite, um sistema que faz uso da voz para editar texto de uma forma simples e rápida, com recuperação de erros provenientes do mau reconhecimento de voz. Foram conduzidos três estudos formativos que permitiram deduzir os requisitos para um sistema de edição de texto por voz. Inferimos que operações como ler, inserir, apagar, substituir e retroceder são desejadas pelos utilizadores e que tanto a recuperação dos erros provocados pelo mau reconhecimento de voz como a existência de pistas que traduzam o estado do sistema são cruciais para melhorar a experiência de utilização. Para avaliar a usabilidade da Edite, conduzimos um teste com 8 utilizadores de leitores de ecrã, onde comparámos a nossa solução com o método tradicional de edição de texto, Talkback do Android. Os resultados mostram que a Edite é mais rápida que o Talkback e que os utilizadores preferem a interação por voz para rever e corrigir texto. Finalmente, são discutidas as implicações de desenho para melhorias das interfaces de edição de texto por voz em dispositivos móveis., en=The reduced size of virtual keyboards and the lack of tactile clues make them difficult to use, error-prone and slow. This is particularly relevant for blind users. The use of voice interfaces for mobile text entry and editing has proved to be a viable alternative. However, despite its advantages, blind users face challenges revising the text and spend 80% of their time editing, being forced to use the virtual keyboard. In this dissertation, we propose Edite, a voice-based system that allows users to edit text in a simple and fast way, with speech recognition error recovery. Three formative studies were conducted that allowed us to deduce the requirements for a voice editing system. We infer that operations such as read, insert, delete, replace, and redo the last operation are desired by users and that both speech recognition error recovery and clues to system state would improve users’ experience. In order to evaluate our solution’s usability, we conducted a user study with 8 screen reader users, in which we compared our solution to the traditional text editing method provided by Android’s Talkback. Results show that Edite is faster than Talkback and users prefer voice interaction to review and correct text. Finally, implications for the design are suggested to improve mobile text editing voice interfaces.}
{pt=Deficiência visual, Dispositivos móveis, Edição de texto, Interação por voz, Acessibilidade móvel, Recuperação de erros., en=Visual impairment, Mobile devices, Text editing, Voice-based interaction, Mobile accessibility, Error Recovery.}

Novembro 21, 2019, 14:30

Orientação

ORIENTADOR

Hugo Miguel Aleixo Albuquerque Nicolau

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar