Dissertação

{pt_PT=Jogo de realidade aumentada para o Museu Faraday} {} EVALUATED

{pt=Tirando partido das tecnologias de realidade aumentada esta dissertação por projeto descreve uma solução para melhorar a interação humano-máquina nos museus. Em exposições tradicionais as pessoas raramente têm a possibilidade de manipular objetos ou, quando isto é possível, fazem isso com restrições. Os museus podem usar tecnologias de realidade aumentada com mais frequência de forma lúdica para melhorar a interação e oferecer novos conteúdos entre os seus públicos. Neste contexto, este projeto foi criado para o Museu Faraday (FM) no Instituto Superior Técnico em Lisboa. A fim de aumentar a interação dentro e fora das exposições deste museu criou-se e desenvolveu-se um jogo, com o título Extended Play at Faraday Museum, que usa as tecnologias de realidade aumentada para potenciar um conhecimento mais alargado dos objetos presentes na coleção do museu. Usando esta aplicação o jogador tem acesso a novos conteúdos sobre artefactos reais e pode interagir com réplicas digitais das peças originais. A partir da questão de investigação principal: Pode um jogo de realidade aumentada e a interação humano-máquina melhorar o interesse do jogador pelos artefactos presentes em espaços museológicos? O objetivo desta pesquisa pretende fornecer experiências de interação em museus questionando a relação entre jogadores e objetos para melhor se compreender se as pessoas se conectam mais profundamente com o conteúdo disponível e aprendem através do processo de interação com conteúdo digital aumentado., en=Taking advantage of augmented reality technologies this thesis describes a solution to enhance the interaction between people and objects in museums. People are rarely able to manipulate objects in classical object-oriented exhibitions or, when it is possible, they do it with constrains. Museums can use augmented reality technologies more often in a playful way to enhance interaction and deliver new content among their public. This project was created for Faraday´s Museum (FM) at Instituto Superior Técnico in Lisbon. In order to increase the amount of interaction inside and outside Faraday´s Museum exhibitions we created and developed a gaming application that uses augmented reality technologies named Extended Play at FM. By using this application, the user/player can learn content about real objects allowing her/him to interact with digital replicas of the original pieces. Our goal is to provide interaction experiences in Museums questioning the relationship between users/players and objects to understand if people connect more deeply with the available content and learn through the process of interacting with digital augmented content. Starting with the main research question: Can augmented reality and human-machine interaction enhance and increase the player's engagement with artifacts available in museum spaces? The aim of this research is to provide interaction experiences in museums questioning the relationship between players and objects to better understand if people connect more deeply with the available content and learn through the process of interaction with increased digital content.}
{pt=Realidade Aumentada, Jogos, Jogos Sérios, Museus, Design de Interação Design, Experiência com Jogadores., en=Augmented Reality, Gaming, Serious Games, Museums, Interaction Design, Player/User Experiences}

Novembro 9, 2018, 9:0

Orientação

ORIENTADOR

Rui Filipe Fernandes Prada

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado

ORIENTADOR

Patrícia Cristina e Silva Figueira Gouveia

Faculdade de Belas Artes Universidade de Lisboa

Professor Associado