Dissertação

{pt_PT=How To Build A Modern Fair Society: A Multi-Agent System Approach} {} EVALUATED

{pt=A desigualdade encontra-se presente na maioria das sociedades a um nível que não revela ser saudável para o seu próprio crescimento económico. Este estudo tem como foco a desigualdade de rendimentos e o objectivo de criar um meio para analisar a forma como esta evolui dado um determinado modelo de um sistema económico. A nossa abordagem foi criar uma simulação baseada em agentes que represente um determinado ambiente económico e que explique a emergência dos seus resultados macroeconómicos através das interacções dos seus agentes. Para concretizar isto, explorámos algumas das metodologias utilizadas para construir simulações num contexto económico e as ferramentas que potencialmente oferecem as melhores funcionalidades para obter e analisar os seus resultados. Contrariamente à maioria dos projectos, este preocupa-se em demonstrar a implementação de um modelo económico em termos dos comportamentos dos agentes e das suas interacções. A partir desta investigação, foi possível construir uma simulação através de um toolkit em Java – RePAST – que fornece gráficos que descrevem detalhadamente o estado e a evolução da economia simulada com diversas configurações, e que calcula métricas para avaliar a taxa de desigualdade (ex. Índice de Gini). A simulação permitiu concluir que o modelo implementado é válido e, como tal, produz resultados fiáveis. Assim, realizámos uma análise sobre esses resultados demonstrando como esta simulação fornece todos os meios necessários para estudar a desigualdade. Por último, ainda apresentamos uma análise da sua complexidade com respeito ao tempo que esta leva a executar em função do número de agentes., en=Inequality is present in many forms at a scale that hinders many societies’ economic growth. This study has its focus on income inequality and aims to create a means for analyzing how inequality evolves given a model of an economic system. Our approach was to create an agent-based simulation that implements a given economic model and that is able to explain the emergence of its macroeconomic outcomes by means of the agents’ interactions. To do this, we explored some of the methodologies used for building simulations in an economic context and the tools that seem to offer the best features to develop our simulation and analyze its results. Contrarily to most projects in this field, this one provides a close-up on how to really implement an economic model in terms of the agents’ behaviors and interactions. From this research, it was possible to build a imulation by means of a Java toolkit, called RePAST, that provides graphics that thoroughly describe the state and evolution of the simulated economy with different configurations, and that calculates metrics to assess its inequality rate (e.g. Gini Index). The simulation allowed us to conclude that the implemented model is valid and, therefore, it produces reliable results. Thus, we performed an analysis over those results in order to demonstrate how the developed simulation provides all the means to study inequality. Lastly, we also present an analysis of the complexity of the simulation regarding the time it takes to execute in function of its number of agents.}
{pt=Desigualdade, Modelos Económicos, ACE, Sistemas Multi-agente, Plataformas de Simulação, RePAST, en=Inequality, Economic Models, ACE, Multi-agent Systems, Agent-based Simulation Platforms, RePAST}

Novembro 9, 2016, 14:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Pedro Alexandre Simões dos Santos

Departamento de Matemática (DM)

Professor Auxiliar