Dissertação

{pt_PT=Especificação rigorosa de requisitos de usabilidade para software} {} EVALUATED

{pt=Nos últimos anos, testemunhamos a globalização do acesso à tecnologia. Por consequência, a interação com sistemas de software deixou de ser um privilégio de alguns profissionais e tornou-se uma realidade para qualquer pessoa em geral. Esse fenómeno criou utilizadores de software mais exigentes, não só no que diz respeito às funcionalidades apresentadas num software, mas também relativamente à satisfação dos seus utilizadores finais. O principal desafio abordado nesta pesquisa é propor uma melhor abordagem para perceber e definir requisitos de usabilidade. É uma tarefa difícil porque as especificações dos requisitos do sistema tendem a ser mal estruturadas e com pouca evidência formal em relação aos requisitos de usabilidade. Outro problema comum é a introdução de requisitos de usabilidade na etapa final do processo de desenvolvimento, o que resulta no aumento no aumento de custos e atrasos nos projetos de software. Esta pesquisa identifica preocupações transversais para suportar a especificação de requisitos de usabilidade de forma rigorosa e estruturada, reduzindo assim, a sua incoerência e ambiguidade. Para conseguir isso, usamos a linguagem RSL (Requirements Specification Language), e as respetivas ferramentas, que permite melhorar a consistência do processo de especificação. É também proposta uma biblioteca de requisitos de usabilidade que considera as preocupações identificadas na literatura. Esta investigação foi realizada numa empresa de software que opera na área da saúde e aplicada e avaliada num dos seus produtos de software. O contributo mais importante desta pesquisa é a proposta de uma biblioteca de requisitos de usabilidade reutilizável, especificada na Linguagem RSL., en=In recent years we have been witnessing the globalization of access to technology. Therefore, the interaction with software systems has ceased to be a privilege of some professionals and has become a reality for anyone in general. This phenomenon has created more demanding software users, not only in the functional features presented in a system, but also, in their end-users’ satisfaction. The major challenge addressed in this research is to propose a better approach to understand and define usability requirements. This is a difficult task because system requirements specifications tend to be poorly structured and with little or no formal evidence regarding usability requirements. Another common problem is the introduction of usability requirements late in the development process which results major costs in projects. [This research identifies cross-cutting concerns in a general way to support the specification of usability requirements in a rigorous and structed way, and so, reducing their incoherence and ambiguity. To achieve this, we use the RSL Language that allows improve the consistency of the specification process. In addition, a library of reusable usability requirements is proposed considering the concerns identified in the literature. This research has been conducted in a software house operating in the healthcare domain and has been applied and evaluated in its family of software products. [The most important contribution of this research is the proposal of a library of reusable usability requirements, rigorously specified in the RSL Language, that is both simple and understandable by humans as well as processable computer-based tools}
{pt=Requisitos de Usabilidade, Reutilização, RSLingo RSL, en=Usability Requirements, Reusability, RSLingo RSL}

Novembro 23, 2017, 12:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Alberto Manuel Rodrigues da Silva

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado