Dissertação

{pt_PT=Modelação em CMMN do processo da gestão do risco} {} EVALUATED

{pt=A gestão do risco é uma atividade em desenvolvimento. A ocorrência de diversos eventos mundiais relativamente recentes, como por exemplo a crise financeira de 2008, tornaram esta atividade num dos principais aspetos a ter em conta nas organizações. Como tal, esta tem assumido cada vez mais um papel crucial na gestão das organizações. Sendo bastante vantajosa para as organizações, estas desenvolvem e implementam estratégias de gestão do risco corporativo que melhor se adequem ao seu modelo de negócio e que lhes traga os melhores benefícios. As estratégias de gestão do risco corporativo baseiam-se na implementação de um processo de gestão do risco e de estruturas que o suportem. Em conjunto, este processo e as referidas estruturas formam uma estrutura . A norma ISO 31000 é neste momento a principal referência para estruturas de gestão do risco, propondo os princípios e diretrizes gerais para gestão do risco, independente do seu contexto. A mais recente revisão da norma (versão de 2018 [1]) retrata o processo da gestão do risco como um processo iterativo em vez de sequencial. Para o efeito foi explorado para este fim o potencial e limitações da linguagem de modelação conceptual Case Management Model and Notation (CMMN) para a elaboração de diagramas, e da notação Decison Model and Notation (DMN) para modelar decisões de risco. O caso de estudo é a estrutura de gestão do risco corporativo da INCM, com foco no processo aí definido., en=Risk management is a development activity. The occurrence of several relatively recent global events, such as the financial crisis of 2008, have made this activity one of the main aspects to be considered in organizations. As such, it has increasingly assumed a crucial role in the organization’s management. Being very valuable for organizations, they develop and implement enterprise risk management strategies that improve their business model and bring them better results. Enterprise risk management strategies are based on the implementation of a risk management process and supporting structure. Together, this process and structure make a framework. ISO 31000 standard is currently the main global reference framework for risk management, proposing the general principles and guidelines for risk management, regardless of context. The most recent revision of the standard, ISO 31000:2018 [1], depicts the process of risk management as a case rather than a sequential process. To that end, it was explored the potential and limitations of the conceptual modeling language Case Management Model and Notation (CMMN) for the elaboration of the related diagrams, and the Decision Model and Notation (DMN) notation to model risk decisions. The case study is the enterprise risk management framework of INCM, focusing on the process defined there.}
{pt=Risco, gestão do risco, gestão do risco corporativo, CMMN, DMN, INCM, en=Risk, risk management, enterprise risk management, CMMN, DMN, INCM}

Maio 30, 2019, 16:30

Orientação

ORIENTADOR

José Luís Brinquete Borbinha

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Associado