Disciplina

Área

Dissertações > Dissertações

Activa nos planos curriculares

MEIC-A 2021 > MEIC-A 2021 > 2º Ciclo > Area Principal > Tronco Comum > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-A 2018 > MEIC-A 2018 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-T 2018 > MEIC-T 2018 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-T 2021 > Meic-T 2021 > 2º Ciclo > Área Principal > Tronco Comum > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-T 2015 > MEIC-T 2015 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-A 2015 > MEIC-A 2015 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-T 2006 > MEIC-T 2006 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

MEIC-A 2006 > MEIC-A 2006 > 2º Ciclo > Dissertação > Projeto de Dissertação de Mestrado em Engenharia Informática e de Computadores

Nível

Para os projectos de modalidade 1 e 2, deve ser submetida para avaliação um relatório e feita uma discussão por júri constituído por (no mínimo) de dois docentes. Para os projectos de modalidade 3: Avaliação contínua com 3 momentos de exposição pública (pitch inicial (30%) + apresentação ntercalar (30%) + apresentação final (40%)); Os elementos submetidos para avaliação deverão ser orientados para o desenvolvimento de um portfolio de conteúdo variável, dependente do projecto (website, relatório/poster, apresentação, vídeo divulgação); Avaliação por júri constituído por (no mínimo) dois docentes incluindo uma componente de avaliação pelos pares (5% de cada momento).

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

2.0 h/semana

308.0 h/semestre

Objectivos

Projecto Integrador tem a duração de um semestre e é enquadrável em uma de três modalidades: 1. Projecto científico, 2. Projecto em empresa e 3. Projeto SCOPE. Os objetivos de aprendizagem dependerão do projeto específico, mas, em geral, os estudantes deverão: - aplicar os conhecimentos adquiridos na licenciatura no desenvolvimento de um projeto científico, tecnológico ou de gestão. - estender os seus conhecimentos a áreas não cobertas na licenciatura. - pesquisar, obter, compilar e resumir informações (científicas, técnicas, legislação, entrevistas, inquéritos) relevantes para o projeto. - planear e executar experiências, analisar e interpretar dados, desenvolver modelos matemáticos, realizar simulações em computador. - desenvolver competências intrapessoais, interpessoais e de pensamento crítico e inovador. - escrever e apresentar oralmente e discutir um relatório técnico.

Programa

O projeto é definido inicialmente pelos sorientadoress ou sob orientação dos mesmos. Pode ser realizado individualmente ou em grupo, no IST ou fora do IST (universidades, centros de investigação ou empresas). As seguintes modalidades são possíveis: 1. Projecto científico: uma análise profunda e academicamente rigorosa de um desafio científico, tecnológico ou da área de gestão. Pode incluir trabalho experimental e/ou computacional. 2. Projeto em empresa: projeto individual focado num desafio específico apresentado pela empresa anfitriã que requer uma solução ou análise vocacionada para uma implementação a curto prazo. 3. Projeto SCOPE: trabalho em equipa multidisciplinar com base em problemas/desafios reais e complexos apresentados por empresas ou instituições e que exigem contribuições de alunos de diferentes cursos do IST/ULisboa.

Metodologia de avaliação

Para os projectos de modalidade 1 e 2, deve ser submetida para avaliação um relatório e feita uma discussão por júri constituído por (no mínimo) de dois docentes. Para os projectos de modalidade 3: Avaliação contínua com 3 momentos de exposição pública (pitch inicial (30%) + apresentação ntercalar (30%) + apresentação final (40%)); Os elementos submetidos para avaliação deverão ser orientados para o desenvolvimento de um portfolio de conteúdo variável, dependente do projecto (website, relatório/poster, apresentação, vídeo divulgação); Avaliação por júri constituído por (no mínimo) dois docentes incluindo uma componente de avaliação pelos pares (5% de cada momento).