Disciplina

Área

Área Científica de Arquitectura e Sistemas Operativos > Sistemas Operativos e Sistemas Distribuídos

Activa nos planos curriculares

MEIC-A 2021 > MEIC-A 2021 > 2º Ciclo > Area Principal > Agrupamentos > Gestão de Serviços de It > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

MEIC-T 2018 > MEIC-T 2018 > 2º Ciclo > Agrupamentos > Sistemas Empresariais > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

METI 2021 > Meti 2021 > 2º Ciclo > Área Principal > Especializações > Especialização em Gestão de Redes e Sistemas > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

MEIC-T 2021 > Meic-T 2021 > 2º Ciclo > Agrupamentos > Sistemas Empresariais > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

MEIC-T 2015 > MEIC-T 2015 > 2º Ciclo > Agrupamentos > Tecnologia dos Sistemas Informáticos > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

METI 2018 > METI 2018 > 2º Ciclo > Áreas de Especialização > Gestão das Redes, da Informação e dos Serviços > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

MEIC-A 2015 > MEIC-A 2015 > 2º Ciclo > Agrupamentos > Tecnologia dos Sistemas Informáticos > Administração e Gestão de Infraestruturas e Serviços de It

Nível

A avaliação tem as seguintes componentes: Relatório (50%) - Avaliado com base na qualidade, abrangência, profundidade e valor de síntese, no contexto do tema atribuído. Nota mínima: 9,5 valores; Apresentação (50%) – Avaliada com base no domínio e segurança dos tópicos apresentados, concretização das ideias fundamentais e cobertura dos vários aspetos requeridos. Nota mínima: 9,5 valores. A nota final é a média ponderada das componentes da avaliação.

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

3.0 h/semana

1.5 h/semana

147.0 h/semestre

Objectivos

Os estudantes devem ser capazes de: 1. Compreender as diferenças e semelhanças entre os componentes fundamentais de uma solução de infraestrutura informática 2. Compreender a forma como os componentes de uma infraestrutura informática devem estar organizados em diferentes ambientes organizacionais 3. Compreender os princípios subjacentes à virtualização de serviços informáticos 4. Configurar uma solução de infraestrutura informática de pequena dimensão, incluindo servidores, armazenamento de dados, rede, dispositivos de segurança e clientes 5. Compreender a arquitetura e compromissos envolvidos no desenho e gestão de uma solução de infraestrutura informática em ambientes organizacionais de larga escala 6. Compreender o papel de ambientes de gestão e controlo de serviços na gestão de infraestruturas informáticas de grande escala 7. Compreender as oportunidades que as infraestruturas de aprovisionamento dinâmico, como as plataformas de computação em nuvem, criam para as organizações 8. Analisar e avaliar as implicações para o desenho de infraestruturas informáticas das soluções existentes de segurança e de continuidade de negócio 9. Minimizar o impacte das soluções de infraestruturas informáticas no ambiente e no consumo de recursos

Programa

1. Infraestruturas físicas a. Green computing; b. Gestão da energia; c. Segurança física; d. Normas de infraestruturas; e. Redundância; f. Construção e relocação de centros de dados. 2. Armazenamento a. Arquiteturas e tecnologias de armazenamento; b. SAN, NAS, DAS; c. Discos virtuais; d. RAID; e. Sincronização de sistemas de armazenamento distribuídos; f. Gestão do ciclo de vida dos dados. 3. Servidores a. Arquitetura de servidores; b. Servidores blade; c. Servidores virtuais e consolidação de servidores; d. Avaliação de desempenho; e. Clusters de servidores; f. Supercomputadores. 4. Redes a. Arquitetura de rede de um centro de dados; b. Tipos de redes e de equipamentos; c. Arquitetura e políticas de segurança; d. Redes definidas por software. 5. Administração a. Ferramentas; b. Scripting; c. Servidores Windows e Linux; d. Instalação e atualização de software; e. Backups; f. Virtual desktop; g. Manutenção e suporte; h. Domínios de administração; i. Mecanismos de segurança e de controlo de acessos. 6. Gestão a. Standards de gestão e governação; b. Boas práticas de gestão (ITIL); c. Auditorias e certificações; d. Bases de dados de gestão de configuração; e. Aquisição, contratação e avaliação; f. Gestão de serviços de IT; g. Gestão de continuidade; h. Gestão de disponibilidade e capacidade; i. Gestão de incidentes e problemas; j. Gestão de configuração e de alterações. 7. Plataformas informáticas a. Modelos de funcionamento; b. Centros de dados virtuais; c. Centros de dados definidos por software; d. SaaS, PaaS, IaaS; e. Integração de plataformas informáticas distribuídas; f. Centros de dados de recuperação de desastres; g. Computação autonómica; h. Automação da gestão de plataformas informáticas.

Metodologia de avaliação

A avaliação tem as seguintes componentes: Relatório (50%) - Avaliado com base na qualidade, abrangência, profundidade e valor de síntese, no contexto do tema atribuído. Nota mínima: 9,5 valores; Apresentação (50%) – Avaliada com base no domínio e segurança dos tópicos apresentados, concretização das ideias fundamentais e cobertura dos vários aspetos requeridos. Nota mínima: 9,5 valores. A nota final é a média ponderada das componentes da avaliação.

Bibliografia

Principal

IT Infrastructure Architecture - Infrastructure Building Blocks and Concepts, 2ª edição

Sjaak Laan

2013

ISBN-13: 978-1291250794 (438 páginas)


Secundária

Data Center Handbook

Hwaiyu Geng

2014

Wiley _ISBN-13: 978-1118436639 (800 páginas)


"ITIL Foundation Handbook”, 3ª edição

itSMF UK

2012

The Stationery Office_ISBN-13: 978-0113313495 (300 páginas)


"Cloud Infrastructure and Services: Virtualization and Cloud Infrastructure Technology Concepts and Principles”

EMC Education Services

2013

Wiley_ISBN-13: 978-1118787236 (544 páginas)


Transforming Data Centers to Public and Private Cloud

H. Madani, Z. Naseh e J. Bugwadia

2014

Wiley_ISBN-13: 978-1118288351 (350 páginas)