Dissertação

{pt_PT=Avaliação da Eficiência dos Operadores de Água em Portugal} {} EVALUATED

{pt=A avaliação de desempenho é uma ferramenta relevante, já que constitui uma forma eficaz, de determinada entidade melhorar a sua eficiência através da medição e controlo dos seus principais indicadores. A metodologia Data Envelopment Analysis (DEA), constitui uma dessas ferramentas, permitindo avaliar o nível de eficiência relativa de um conjunto de Unidades de Decisão (UD). Neste estudo, utilizou-se a DEA para um conjunto de 191 operadores dos serviços de abastecimento de água (SAA) e 190 do saneamento de águas residuais (SAR) de Portugal através da implementação de dois modelos com orientações input e output para o ano de 2015, com o objetivo de perceber quais os modelos de entidades gestoras mais eficientes. Foram selecionados como inputs os custos operacionais, o comprimento médio das condutas/coletores e o pessoal afeto a cada serviço. Como outputs, foram escolhidos o volume de água/água residual faturada e o número de alojamentos servidos. Os resultados revelam que no SAA 19 UD são eficientes segundo orientação input e 8 segundo uma maximização de outputs. Conclui-se ainda que os operadores da região centro são os mais eficientes. Relativamente a modelos de gestão, os operadores em gestão concessionada e delegada são mais eficientes do que os serviços municipais e municipalizados. No SAR, 16 operadores são eficientes segundo uma orientação input e 9 são eficientes segundo uma orientação output. Destaca-se que a região sul é a mais eficiente nas duas orientações. Quanto aos modelos de gestão, as UD em serviços municipais são mais eficientes que os de serviços municipalizados., en=Performance evaluation reveals itself as an extremely important tool, being one of the most effective ways for an operator to improve its efficiency through measuring and controlling its main production factors and results. Data Envelopment Analysis (DEA) is one method used to carry out performance measurement, which allows to assess the relative efficiency of a group of operators. DEA was the chosen methodology to evaluate a set of 191 water supply operators and 190 water treatment operators spread throughout Portugal in 2015. With the implementation of two models with an input and output orientation, the objective was to understand which ones operate more efficiently. The selected DEA model, has as inputs the operational costs, the average main length of pipes and the number of employees of each segment. As outputs, the revenue of water volume and the number of houses served were the chosen criteria. Amongst 191 water supply operators, 19 were considered efficient with an input oriented model and 8 with an output oriented model. Furthermore, operators from the central region of Portugal are the most efficient DMU’s. Regarding ownership, concessionary and delegated operators are more efficient than municipal and municipalized services. Considering the water treatment segment, 16 operators are efficient with an input oriented model and only 9 are efficient with an output oriented model. The south region of the country operated more efficient when compared to north and central regions of Portugal. Concerning ownership, we conclude that municipal services are more efficient than municipalized operators.}
{pt=DEA, eficiência, regulação económica, SAASAR, modelos de gestão, en=DEA, efficiency, economic regulation, water and sewerage services, management models}

Novembro 23, 2017, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Rui Domingos Ribeiro da Cunha Marques

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Catedrático

ORIENTADOR

Maria Isabel Craveiro Pedro

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar