Dissertação

{en_GB=The effect of bone collagen fragments on breast and prostate cancer cells} {} EVALUATED

{pt=Cerca de 80% dos doentes com cancro de mama metastático e de 85% com cancro de próstata metastático são diagnosticados com metástases ósseas. Durante o processo de metastização ocorre degradação da matriz óssea e o colagénio tipo I é degradado em fragmentos que são libertados para o soro e urina. Alguns desses fragmentos têm sido identificados como marcadores de prognóstico. Este fato levou à hipótese de que estes subprodutos poderiam ter um papel na cascata metastática. Assim, o objectivo geral desta Tese é contribuir para investigar a possível atividade biológica dos fragmentos colagénio tipo I. Propomos analisar o efeito desses produtos ao nível celular de forma a entender como características funcionais (proliferação, migração e invasão) das células tumorais da mama e da próstata podem ser afectadas na sua presença. Os isómeros da hidroxiprolina, hidroxilisina e deoxipiridinolina foram os derivados sintéticos escolhidos para este estudo. As linhas celulares tumorais MDA-MB-231 e PC-3 foram as escolhidas para avaliar o papel desses compostos nas fases iniciais da metastização. Os resultados mostraram que isómeros da hidroxiprolina e hidroxilisina não induziam efeito significativo na proliferação celular. A deoxipiridinolina apresentou efeito anti-proliferativo moderado na linha celular PC-3. A mesma apresentou efeito contrário na linha MDA-MB-231. A hidroxilisina e deoxipiridinolina não influenciaram a migração e invasão de ambas as linhas, em comparação com o controlo. Concluindo, a deoxipiridinolina é o único fragmento em que detetamos algum efeito biológico, nomeadamente na proliferação, o que potencialmente pode afectar a carga tumoral nas doenças avançadas de mama e da próstata., en=Up to 80% of patients with metastatic breast cancer and 85% of patients with metastatic prostate cancer are diagnosed with bone metastases. Degradation of bone matrix occurs during metastasis process and collagen type I is degraded into fragments that are released into serum and urine. Some of these fragments have been identified as strong prognostic markers. This fact led to the hypothesis that these by-products could play a role in the metastatic cascade. Thus, the overall goal of this Thesis is to contribute for unravelling the putative biological activity of collagen type I fragments. We aimed at assessing the effect of selected products at cellular level in order to understand how functional characteristics (proliferation, migration and invasion) of breast and prostate tumour cells, might be affected in their presence. Synthetic hydroxyproline isomers, hydroxylysine and deoxypyridinoline were chosen for this study. Breast MDA-MB-231 and prostate PC-3 were the selected cancer cell lines to evaluate the role of those compounds on early stages of metastatic cascade. Our results have shown that hydroxyproline isomers and hydroxylysine did not induce significant effect on cellular proliferation. Deoxypyridinoline presented moderate anti-proliferative effect on PC-3 cells. The same compound had opposite effect in MDA-MB-231 cells. Hydroxylysine and deoxypyridinoline did not influence greatly the migration and invasion of both cell lines, in comparison to control. Brought together our results DPD is the only compound tested that displays biological effect in cancer cell lines, namely in proliferation, which might potentially affect tumour burden in advanced breast and prostate cancers.}
{pt=metástases ósseas, fragmentos de colagénio tipo I, proliferação, migração, invasão, en=Bone metastasis, type I collagen fragments, proliferation, migration, invasion}

Maio 3, 2017, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Irina Margarida Pereira Machado Alho Duarte

Instituto de Medicina Molecular, Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa

Doutora

ORIENTADOR

João Domingos Galamba Correia

Departamento de Engenharia e Ciências Nucleares

Investigador Principal