Dissertação

{en_GB=Development of a miniaturized chip for personalized therapy of Cystic Fibrosis} {} EVALUATED

{pt=A fibrose quística (FQ) é uma doença genética onde centenas de mutações podem ser responsáveis por provocar a doença, no entanto a mais frequente é a F508del. Esta mutação afecta o gene responsável pela produção da proteína Cystic Fibrosis Transmembrane Conductance Regulator (CFTR), resultando numa anormal maturação e degradação. Visto que este canal iónico se encontra afetado as secreções tornam-se mais espessas e viscosas provocando a disfunção das glândulas de secreção externas de diferentes órgãos. Neste trabalho, um dispositivo microfluídico para a terapia personalizada da FQ foi desenvolvido. Escolheu-se usar esta tecnologia atrativa invés das tradicionais técnicas de laboratório devido à variedade de vantagens para a cultura de células e por permitir a criação de protocolos complexos numa simples chip de pequenas dimensões. Diferentes chips foram desenvolvidos de modo a permitir a imobilização e cultura das células CFBE. Devido ao controlo de condições físico-químicas, contaminação, aparecimento de bolhas e a uma perfusão contínua de meio foi possível manter as células em cultura durante 72h sem qualquer contaminação e com percentagens razoáveis de viabilidade. Os desenvolvimentos feitos ao longo deste trabalho permitem agora manipular e aplicar diferentes estratégias de modo a estimular as células CFBE e desta forma ver qual o tratamento que mais se adequa a cada paciente tendo em conta as suas características. Tem o potencial de começar uma nova era na saúde personalizada em pacientes com FQ e assim transformar a forma como cada um de nós vê a sua própria saúde e como a medicina é praticada. , en=Cystic fibrosis (CF) is the most common genetic protein disorder. Hundreds of different mutations may be responsible for causing the disease, but the most common is F508del. This mutation affects a gene responsible for the production of cystic fibrosis transmembrane conductance regulator (CFTR) protein, resulting in misfolding and premature degradation of F508del-CFTR. Since this ion channel is affected the secretions become thicker and more viscous which causes dysfunction of external secretion glands of different organs. In this work, a microfluidic device for personalized therapy of CF has been developed. It was chosen to use this attractive technology instead of conventional laboratory techniques due to considerably advantages to cell culture and as it allows achieving complete protocols in a single chip of smaller dimensions. Thus different chips were developed to allow immobilization and culture of CFBE cells. With the control of a variety of conditions like physicochemical conditions, contamination, without bubbles and with a continuous perfusion of medium it was possible to culture the cells during 72h without any microbiological contamination and with an acceptable percentage of viability. With these developments, now it’s possible to manipulate and apply different strategies to see the response of CFBE cells and in this manner see what is the best treatment take into account the features of each patient. Have the potential to open a new era of precision medicine and personalized health in patients with CF, transforming the way each of us understand our own health and the way in which medicine is practiced. }
{pt=Fibrose Cística, Células CFBE, Proteína CFTR, Microfluídica, Cultura de Células, en=Cystic Fibrosis, CFBE cells, CFTR protein, Microfluidics, Cell Culture}

Novembro 23, 2016, 15:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luka Alexander Clarke

BioISI – Biosystems and Integrative Sciences Institute Faculdade de Ciências, Universidade de Lisboa

Doutor

ORIENTADOR

João Pedro Estrela Rodrigues Conde

Departamento de Bioengenharia (DBE)

Professor Catedrático