Dissertação

{en_GB=Maritime logistics with berth and pipeline allocation. A case study} {} EVALUATED

{pt=Esta dissertação pretende aplicar uma metodologia de investigação operacional, com o objetivo de avaliar políticas de afetação de navios a postos de acostagem e oleodutos no terminal de graneis líquidos de Sines. Este problema insere-se no que na literatura é conhecido como Berth Allocation Problem (BAP). Pretende-se, pois, otimizar as operações e os custos do terminal, nomeadamente através da minimização do Port Operational Time (POT) e de Sobrestadias. Analisando os dados do terminal em janeiro de 2017, notou-se a desadequada alocação de navios a postos de acostagem e oleodutos. Estas devem-se, sobretudo, à desconsideração da variabilidade do POT e das Sobrestadias, influenciando a avaliação da performance do terminal. De seguida, a revisão de literatura abordou o BAP para terminais de graneis e de contentores, concluindo-se a falta de exploração deste problema em termineis de graneis, de simulação para a sua resolução e da consideração e mitigação da natureza estocástica dos parâmetros do terminal. Desta forma, foi desenvolvido um modelo de simulação, implementado no software SIMUL8. Validado este modelo, apresentou-se quinze cenários alternativos, divididos de acordo com cinco características: alocação a postos, alocação a pipelines, horizonte temporal, incerteza e política de fila de espera. A análise de resultados foi dividida por horizonte temporal. Quer nas Terminating Simulations quer na simulação a longo prazo, os cenários que flexibilizam a alocação a pipelines foram selecionados como os melhores. Realçar ainda que os cenários de otimização-simulação permitem uma avaliação realística das condições operacionais do terminal, permitindo obter resultados mais fiáveis. , en=This dissertation aims at applying an operational research methodology, with the objective of evaluating policies for allocating vessels to berths and pipelines at the Sines’ Liquid Bulk Terminal. This problem is part of what is known in the literature as the Berth Allocation Problem (BAP). The aim is to optimise the operations and costs of the terminal, particularly by minimising Port Operation Time (POT) and Demurrage. Analysing the terminal data in January 2017, it was noted the inadequate allocation of vessels to berths and pipelines. These are mainly due to the disregard of the variability of the POT and the Demurrages, influencing the evaluation of the terminal's performance. The literature review then addressed the BAP for bulk and container terminals, concluding the lack of exploration of this problem in bulk terminals, of simulation for its resolution and consideration and mitigation of the stochastic nature of the terminal parameters. Hence, a simulation model was developed, implemented in SIMUL8 software. Once this model was validated, fifteen alternative scenarios were presented, divided according to five characteristics: berth allocation, pipelines allocation, time horizon, uncertainty, and queue policy. The analysis of results was divided by time horizon. Both in terminating simulations and in long-term simulation, the scenarios that make allocation to pipelines flexible were selected as the best. Also, the optimization-simulation scenarios allow a realistic assessment of the terminal's operational conditions, allowing for more reliable results. }
{pt=Terminal de graneis líquidos, Berth Allocation Problem, Port Operational Time, Sobrestadias, Variabilidade, Simulação estocástica, en=Liquid Bulk Terminal, Berth Allocation Problem, Port Operational Time, Demurrages, Variability, Stochastic Simulation}

Janeiro 11, 2021, 11:30

Orientação

ORIENTADOR

Tânia Rute Xavier de Matos Pinto Varela

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Maria Isabel Azevedo Rodrigues Gomes

Faculdade de Ciências e Tecnologia - Universidade Nova de Lisboa

Professor Associado