Dissertação

{en_GB=A simulation model to support implementation of a combined walk-in and appointment system for CT scanning in a radiotherapy centre} {} EVALUATED

{pt=É comum os hospitais utilizarem um sistema de marcações para distribuir os pacientes pelos diferentes equipamentos de imagiologia. Esta política evita ter salas de espera lotadas e permite organizar a capacidade dos recursos envolvidos mais facilmente, equilibrando a carga de trabalho em cada dia de trabalho. Um sistema em que os pacientes podem ser atribuidos pelos equipamentos de imagiologia logo após a primeira consulta, sem hora marcada, também apresenta benefícios. Neste trabalho temos como objectivo quantificar a vantagem de introducir pacientes sem marcação num sistema de marcação de pacientes para equipamentos de imagiologia. Para isto analisámos o caso de estudo de TACs do centro de radioterapia do AVL, utilizando o modelo “Walk-in Generator” para obter as soluções iniciais de modelos de marcação de pacientes a serem posteriormente avaliadas através do modelo de simulação desenvolvido. A melhor solução encontrada pelo modelo “Walk-in Generator” utilizou a referência literária que espalha os intervalos de tempo para pacientes sem marcação ao longo de cada dia de serviço do equipamento. Esta solução apresentou uma redução de 1,5 dias nos tempos de acesso ao equipamento de imagiologia e um aumento de 49% na fracção dos pacientes sem marcação, satisfazendo a meta de nível de serviço estabelecida de servir 95% dos pacientes em 2 dias. Desenvolvemos, sobre métodos previamente validados, um modelo de simulação que é o primeiro a quantificar a vantagem de ter pacientes sem marcação num sistema de gestão de capacidade de recursos, em radioterapia. , en=Hospitals often use appointment systems to assign patients to their imaging facilities. This policy avoids having crowded waiting rooms and allows them to organize the capacity of the involved resources more easily by balancing the workload on each working day. Allowing patients to walk into imaging facilities right after the first consultation, without an appointment, also lodge several benefits for both patients and hospitals. In this work, we aim to quantitatively assess the improvement of having walk-in patients in a capacity allocation solution for imaging devices through the analysis of an appointment system combining walk-ins and appointments that maximizes the number of walk-in patients. We analyse the case study of the CT-scanning at the radiotherapy department of the AVL. To this end, we use a ‘Walk-in Generator’ model to obtain a capacity allocation solution for the two types of patients, which was quantitatively evaluated through a discrete-event simulation model. The best capacity allocation solution obtained with the ‘Walk-in Generator’ model was the one using a literature benchmark with spread time slots through the work day. This solution showed a reduction of 1,5 days in the access times, an increase of 49% in the fraction of walk-in patients served and satisfied the service level target of serving 95% within 2 days. We build upon previously validated research works and develop a model that, for the first time, quantitatively assess the advantage of having walk-in patients in the managing of resources’ capacity allocation. }
{pt=alocação de recursos, horário de marcações, pacientes sem marcação, pacientes com marcação, simulação de eventos discretos, tempo de acesso, en=Resource allocation, appointment schedule, walk-ins, appointments, discrete-event-simulation, access time}

Dezembro 14, 2016, 10:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Erwin Hans

University of Twente

Full Professor

ORIENTADOR

Mónica Duarte Correia de Oliveira

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Associado