Dissertação

{pt_PT=Comportamento do Consumidor face à Responsabilidade Social Empresarial} {} EVALUATED

{pt=A CSR está presente no dia a dia das empresas que atuam, quer proactivamente quer reactivamente, tendo em conta as preocupações dos consumidores sobre o papel que as mesmas devem desempenhar. Neste sentido, as empresas apresentam diversas abordagens sobre a inclusão de CSR nas suas atividades, tendo algumas uma abordagem genuína, enquanto outras uma abordagem oportunista (procurando imitar as anteriores). O consumidor, se distinguir estas empresas, dará eventualmente um prémio às altruístas e uma penalização às oportunistas. Nesta Dissertação pretendeu-se testar esta distinção, através de um estudo experimental, com o objetivo de perceber se os consumidores premeiam e/ou penalizam as empresas pelas suas práticas. Após uma análise da literatura existente, foi realizado um estudo em Economia Experimental, baseado na disposição a pagar pelos consumidores, distinguindo diferentes categorias de produtos e estruturas de mercado (com e sem concorrência). Para tal foi utilizado o método BDM e foram realizados testes estatísticos para averiguar se as diferenças detetadas são ou não estatisticamente significativas. Concluiu-se que os consumidores estão dispostos a premiar as iniciativas de empresas que seguem uma abordagem reativa, que são mais moderados a premiar as iniciativas quando os produtos são mais caros, e mais impulsivos quando os produtos são mais baratos, que os prémios atribuídos dependem da categoria de CSR mais apropriada para a indústria em questão, que não existe uma relação significativa entre a estrutura de mercado e o comportamento do consumidor e que o sexo, o rendimento familiar e a educação representam indicadores sociodemográficos importantes do comportamento do consumidor., en=CSR is present in the daily lives of companies that act, either proactively or reactively, considering the concerns of consumers about the role they must play in society. Moreover, companies present different approaches when including CSR practices in their activities, with some companies taking a genuine approach, while others prefer an opportunistic approach (attempting to mimic the previous ones). If the consumer is able to distinguish these companies, he will, eventually, give a reward to the altruistic ones (being willing to pay more for their products) and a penalty to the opportunistic ones. This paper intends to test this distinction, through an experimental study (Experimental Economics), to assess if CSR has an impact on consumers' choices and if they reward or penalize companies for their practices. In this study, the BDM method was applied and statistical tests were carried out to ascertain whether the differences detected in the consumer’s willingness to pay are statistically significant or not for the different type of CSR activities considered. Results showed that consumers are willing to reward CSR initiatives that follow a reactive approach; that consumers’ decisions are more moderate when rewarding initiatives of products that are naturally more expensive, and more impulsive when products are naturally cheaper; that the awards provided depend on the most appropriate CSR category for the industry in question; that there is no visible relationship between the market structure and consumer behavior and, finally, that gender, family income and education can be considered important sociodemographic indicators of consumer behavior.}
{pt=responsabilidade social empresarial, comportamento do consumidor, CSR proativa versus reativa, abordagem genuína versus oportunista, prémio versus penalização, en=corporate social responsibility, consumer behavior, proactive versus reactive CSR, genuine versus opportunistic approach, reward versus penalty}

Janeiro 26, 2021, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Ana Sofia Costa

Nova SBE

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Maria Margarida Martelo Catalão Lopes de Oliveira Pires Pina

Departamento de Engenharia e Gestão (DEG)

Professor Auxiliar