Dissertação

{en_GB=Augmenting Dummies for Training Central Venous Catheterization} {} EVALUATED

{pt=A simulação médica baseada em realidade aumentada (RA) é uma ferramenta promissora para melhorar o treino médico, particularmente para intervenções que envolvem a inserção de agulhas. No entanto, a investigação em novas soluções para o treino da cateterização venosa central (CVC) é limitada. O objetivo deste trabalho é comparar a aplicação de RA desenvolvida com o método convencional para treino de CVC, que recorre a manequins do torso superior e pescoço. O sistema proposto (designado PIÑATA) foi implementado usando marcadores de RA colocados na agulha e no manequim para projetar estruturas anatómicas internas e informação adicional relativamente à posição e orientação da agulha. Sessões de observação e desenho colaborativo foram conduzidas para recolher os requisitos, obter feedback dos utilizadores e melhorar o protótipo. Um total de 18 utilizadores - médicos especialistas e internos - executaram inserções de agulha para CVC com o sistema PIÑATA e o sistema de treino convencional. O desempenho foi medido objetivamente pelo tempo de execução da tarefa e o número de erros cometido. Uma correlação entre os tempos de execução dos dois métodos foi encontrada, sugerindo eficiências e eficácias semelhantes. Tal como esperado, demonstrou-se a diferença no tempo para completar a tarefa (p = 0.040) e no número de erros (p = 0.036) entre internos e especialistas. Além disso, os participantes consideraram o sistema PIÑATA realista, com conteúdo adequado, útil e com um nível de exigência médio. Os resultados deste trabalho mostram que a ferramenta de RA proposta pode complementar o treino convencional de CVC., en=Medical simulation based on augmented reality (AR) is a promising tool to improve medical training, particularly for needle-based interventions. However, limited research has been conducted in new solutions for training central venous catheterization (CVC). The purpose of this work is to compare the AR application developed with the conventional method to train CVC, using a dummy of the upper torso and neck. The proposed system (named PIÑATA) was implemented using AR targets placed in the needle and the dummy to display internal anatomical structures and additional information about the position and orientation of the needle. Observation and co-design sessions were conducted to collect the requirements, obtain feedback from the users and improve the prototype. A total of 18 potential users - attending specialists and medical residents - performed needle insertion tasks for CVC with PIÑATA and with the conventional training system. The performance was objectively measured by the task completion time and the number of errors. A correlation between the task completion time of the two training methods was found, suggesting the concurrent validity of PIÑATA. An inherent difference in the task completion time (p = 0.040) and in the number of errors (p = 0.036) between novices and experts proved the construct validity of the new tool. The qualitative answers of the participants also suggest its face and content validity, a high acceptability rate and a medium perceived workload. The overall results show that the AR tool proposed can complement the conventional training of CVC.}
{pt=Treino médico, realidade aumentada, cateterização venosa central, inserção de agulhas, avaliação profissional., en=Medical training, augmented reality, central venous catheterization, needle placement, professional assessment.}

Novembro 18, 2019, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

Cátia Isabel Andrade Botelho Costa

Hospital da Luz Learning Health

Especialista

ORIENTADOR

Daniel Simões Lopes

Departamento de Engenharia Informática (DEI)

Professor Auxiliar