Disciplina

Área

Área Científica de Engenharia e Gestão de Organizações > Economia e Finanças

Activa nos planos curriculares

LEGI 2021 > LEGI 2021 > 1º Ciclo > Área Principal > Contabilidade

LEGI 2006 > LEGI 2006 > 1º Ciclo > Disciplinas de Especialidade > Contabilidade

Nível

1.ª Época: Dois testes com nota mínima de 9 em cada e média global de 10 valores. 2.ª Época: Repescagem a um dos testes ou Exame final (nota mínima de 10).

Tipo

Não Estruturante

Regime

Semestral

Carga Horária

1º Semestre

3.0 h/semana

1.5 h/semana

Objectivos

Todas as organizações devem utilizar a contabilidade para controlarem e conhecerem o andamento dos negócios, os bens e direitos que possuem, bem como as obrigações a cumprir, isto é, a contabilidade ajuda as organizações a perceberem o andamento dos seus negócios. Espera-se que os alunos adquiram conhecimentos e compreensão dos conceitos fundamentais da contabilidade e dos princípios orientadores da normalização dos sistemas de informação. Capacidade de enquadrar e analisar contabilisticamente as operações internas e externas das empresas no Sistema de Normalização Contabilística e interpretar as Demonstrações Financeiras. E ainda capacidade de elaborar informação fundamentada teórica, lógica e factual e de a comunicar a pessoas com formação diversa A unidade curricular fornece também bases para as unidades curriculares de Gestão Financeira e Avaliação de Projectos.

Programa

I Contabilidade Financeira 1. Introdução; 1.1. Objectivos e Âmbito da Contabilidade; 1.2. Utilizadores e Finalidades; 1.3. Conceitos Fundamentais: Os fluxos da empresa e a contabilidade; O património e os factos patrimoniais; O inventário; Demonstrações financeiras; 2. Método Contabilístico; 2.1. Noção de Conta e Objectivos; 2.2. O sistema de Normalização Contabilística (SNC): estudo das contas e sua ligação com as Demonstrações Financeiras; 3. Os Mapas; 3.1 Mapa de Registo de Transacções. 3.2. Balanço; 3.3. Demonstração de Resultados; 3.3.1. Por natureza; 3.3.2. Por funções; 3.4. Demonstração dos Fluxos de Caixa; 4. Activos e Passivos; 4.1. Conceitos, mensuração, reconhecimento e classificação, impostos directos e indirectos; 4.2. Meios Financeiros Líquidos; 4.3. Dívidas Activas e Passivas; 4.4. Inventários 4.4.1. Sistemas de Movimentação de Inventários; 4.4.1.1. Inventário Intermitente; 4.4.1.2. Inventário Permanente; 4.2. Métodos de valorização de Inventários; 4.2.1. FIFO; 4.2.2. Custo Médio Ponderado; 4.2.3. Custo Específico; 4.3. Activos fixos 4.3.1. Depreciações e Amortizações; 4.4. Conceito de mais e menos valias; 5. Provisões, Passivos e Activos Contingentes; 6. Acréscimos e diferimentos; 7. Capitais Próprios; 7.1. Capital, reservas , resultados transitados e resultados líquidos do período; 8. Gastos, Rendimentos e Resultados; 9. Conceito de Imparidade; 10. Importância da fiscalidade; 10.1. IVA; 11. Fecho de Contas e Demonstrações Financeiras; 11.1. Imposto sobre o Rendimento; II. Contabilidade de Custos: Apuramento do Custo do Produto 1. O modelo custo ? volume - resultado. 1.1. Custos fixos e variáveis; 1.2. Ponto crítico de vendas; 1.2.1. Margem de contribuição; 1.2.2. Margem de segurança; 1.2.3. Ponto critico multi produto; 2. Contabilidade de gestão: Apuramento do Custo do Produto Acabado 2.1 A noção de custo. 2.2. Classificações de custos.; 3. Distribuição dos custos comuns. Os centros de custos.; 3.1. Objectivos a atingir com a distribuição de custos.; 3.2. Critérios para uma eficiente e justa distribuição de custos.; 3.3. Os centros de custos.; 3.4. Processo geral para a atribuição dos custos aos produtos.; 3.5. Novos sistemas para a distribuição de custos: Activity-based costing. 4. A atribuição dos custos às unidades de produto.; 4.1. Custeio por obra.; 4.2. Custeio por processo.; 5. Tratamento de quebras e unidades defeituosas; 5.1. Quebras normais e anormais; 5.2. Ponto de inspecção; 6. Produção conjunta e sub-produtos.; 6.1. Custos de produção conjuntos e ponto de separação; 6.2. Produtos conjuntos, subprodutos e desperdícios 7. Politicas de qualidade; 7.1. Custos de qualidade; 7.2. Pontos de inspecção; 7.3. Gestão da Qualidade Total

Metodologia de avaliação

1.ª Época: Dois testes com nota mínima de 9 em cada e média global de 10 valores. 2.ª Época: Repescagem a um dos testes ou Exame final (nota mínima de 10).

Bibliografia

Principal

SNC ? Sistema de Normalização Contabilística - Casos práticos

António Borges, Emanuel Gamelas, José Pinhão Rodrigues, Manuela Martins, Nuno Magro, Pedro António Ferreira

Março 2010

Edições Plátano - 1.ª Edição


Contabilidade Analítica e de Gestão

António C. Pires Caiado

2009

5.ª edição Áreas Editora


Sistema de Normalização Contabilística: Questões e casos práticos

José Carlos Soares

2010

Edições Plátano 1.ª Edição ? Março 2010


Secundária

Accounting

Horngren, Harrison e Bamber

2004

Prentice Hall


Cost Accouting A Managerial Emphasis

Horngren, Foster, Data

2004

Prentice Hall


Sistema de Normalização Contabilística ? Comentado

Domingos Cravo, Carlos Grenha, Luís Baptista e Sérgio Pontes

2009

Texto Editores - 1.ª edição de Novembro de 2009