Dissertação

{pt_PT=Aplicação de revestimentos superficiais em pedras calcárias portuguesas: avaliação da resistência a manchas} {} EVALUATED

{pt= A presente dissertação teve como objectivo principal estudar a resistência de três variedades de rochas ornamentais carbonatadas portuguesas, com acabamento amaciado e serrado, a diferentes agentes manchantes comuns (vinho tinto, sumo de limão artificial, café solúvel e lixivia), com e sem a aplicação de agente de proteção comercial. Foram realizados ensaios, de forma a incluir um grande leque de situações do quotidiano a que as pedras poderão estar expostas. Estes ensaios consistiram na análise comparativa entre as superfícies tal-qual e após aplicação do agente de proteção, após aplicações/remoção dos diferentes agentes manchantes. Foi igualmente avaliada a compatibilidade e eficácia do uso do produto de proteção. Para o efeito realizaram-se ensaios de medição de cor, brilho especular e absorção da água a baixa pressão- Método Esponja. As amostras com acabamento amaciado foram igualmente observadas ao microscópio eletrónico de varrimento. Da análise dos resultados obtidos foi possível concluir que em termos estéticos, todos os agentes manchantes, exceto a lixivia, causaram mudanças significativas de cor e brilho, nas superfícies dos litótipos estudados. Os agentes manchantes com pH mais ácido, são os que mais afectaram as características superfícias das pedras: alterações morfológicas ocorrem e as manchas permanecem na superfície, assim como foram observados compostos neoformados. Refira-se que em alguns casos tais modificações não são macroscopicamente perceptíveis. Através deste estudo comprovou-se que o produto de proteção aplicado não conferiu elevada resistência aos agentes manchantes testados., en= The following dissertation had as the main subject the study of the resistence of three varieties of Portuguese carbonated ornamental rocks with a honed and sawn finish to different common staining agents (Red Wine, artificial lemon, soluble coffee and bleach), with and without the application of a commercial protective agent. Several tests were made, in order to include a wide range of day life situations to which the stones may be exposed. These tests consisted in a comparative analysis between the surfaces as-is and after application of the protection agent, after applications and removal of different staining agents.Was likewise evaluated of the compatibility and effectiveness of the use of the protection product. For this purpose, tests were carried out for color and specular gloss measurement, low pressure water absorption through Sponge Method. The samples with a honed finish were also observed under a scanning electron microscope. Through the results obtained ,it is concluded that in aesthetic terms, all staining agents, except the bleach, caused significant changes in color and brightness on the surfaces of the studied lithotypes. Staining agents with more acidic pH, are the ones that most affected the superficial characteristics of the stones, morphological changes occur and stains remain on the surface, just as neoformed compounds may occur, without being macroscopically noticeable.This study allowed us to conclude that the applied protection product did not present high resistance to the tested staining agents.}
{pt=Calcários, Pedra Ornamental, Resistência a Manchas, Cor, Brilho, Agente de proteção, en=Limestone, Ornamental Stone, Stainning Resistence, Color, Gloss, Protective Agent}

novembro 19, 2021, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Amélia Alves Rangel Dionísio

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar