Dissertação

{pt_PT=The influence of different types of substrate on green roof performance in Mediterranean climate} {} EVALUATED

{pt=As coberturas verdes são uma solução baseada na natureza que podem ter um papel importante no desenvolvimento sustentável dos meios urbanos, dado que são capazes de intercetar e reter a água da chuva, contribuindo para a diminuição do risco de cheias. O principal objetivo deste trabalho é analisar o desempenho hidrológico de coberturas verdes em clima Mediterrânico. Após uma detalhada revisão da literatura, oito coberturas verdes piloto localizadas em Lisboa foram utilizadas para fazer um conjunto de ensaios experimentais usando precipitação forçada. As coberturas verdes piloto têm diferentes conjuntos de vegetação nativa e diferentes substratos (com e sem resíduos da construção). Os resultados dos ensaios foram usados para analisar diversas variáveis, nomeadamente a retenção (R, %), o atraso no escoamento (PD, %), a atenuação do pico (PA, %), o atraso no pico (PD, min) e o coeficiente de escoamento (RC, -). Da análise estatística dos resultados conclui-se que o valor médio de R é de 64.58%, o valor médio de PA é 72,84% e o valor médio de RC é 0,35. Estes resultados são muito próximos dos obtidos por outros autores em clima Mediterrânico. A análise dos resultados dos ensaios teve em consideração as condições climatéricas nas datas dos ensaios e as características físicas das coberturas verdes piloto. Foi analisada a correlação entre as variáveis e estudada a influência de diferentes variáveis nos resultados dos ensaios, nomeadamente a influência da intensidade da precipitação, do tipo de substrato, das condições climatéricas e da humidade inicial dos substratos., en=Green roofs are a nature-based solution that may play a relevant role for sustainable urban development because they are able to intercept and retain rainfall, leading to a reduction in flood risk. The main aim of this study is to analyse the hydrological performance of green roofs under Mediterranean climate. After a detailed literature review, a set of eight testbeds located in Lisbon were used to perform a series of different experimental tests using artificial rainfall. The testbeds have different combinations of native vegetation and different substrates, some of them incorporating construction and demolition waste. Test results were used to analyse several variables, namely rainfall retention (R, %), runoff delay (RD, min), peak attenuation (PA, %), peak delay (PD, min) and runoff coefficient (RC, -). A statistical analysis led to the conclusion that the average R for the eight testbeds and simulated rainfall conditions was 64.58%, the average PA was 72.84% and the mean value of RC was 0.35. These results are very close to those obtained by other authors, under Mediterranean conditions. Analysis of tests results took into account weather conditions when the tests were carried out and the physical characteristics of each testbed. The correlation between variables was assessed and a study regarding the influence of different variables on the test results was carried out, namely the influence of rainfall intensity, type of substrate, weather conditions and initial soil moisture content of the testbeds.}
{pt=Coberturas verdes, Desempenho hidrológico, Clima Mediterrânico, Ensaios de precipitação forçada, Retenção da água da chuva, en=Green roofs, Hydrological performance, Mediterranean climate, Artificial rainfall tests, Rainfall retention}

novembro 15, 2022, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Cristina De Oliveira Matos Silva

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Vitor Faria e Sousa

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar