Dissertação

{pt_PT=Comparison of the Streamline computation with the Graphs computation obtained with Fast Marching and Propagation Method in a coarse scale reservoir model} {} EVALUATED

{pt=Na simulação de reservatórios compreender a trajetoria dos fluidos é uma tarefa complexa e obrigatória na resolução de problemas de optimização a fim de melhorar a recuperação de hidrocarbonetos no reservatório. Nos últimos anos, um aspecto importante dos métodos computacionais é a capacidade de representar com precisão as frentes de fluido com o objectivo de demonstrar o seu percurso e reduzir o tempo de cálculo. Uma solução possível é a utilização de uma técnica de cálculo mais rápida; como por exemplo, as streamlines. No entanto, até mesmo os cálculos de streamlines requerem a resolução de uma equação de pressão, pelo menos uma vez, e para modelos enormes e heterogéneos isto pode ser um desafio. Neste estudo, é utilizado o Método Fast Marching (FMM), que de um modo geral resolve a equação Eikonal calculando o primeiro tempo de chegada de todos os vizinhos ligados a um bloco da grid e depois escolhe o mais rápido, este método numérico calcula o volume ligado a um poço utilizando o Slowness como propriedade. Este estudo visa testar como se pode comparar as streamlines computadas pelo software interno da Total chamado Destiny+ e os gráficos (esqueletos) computados quer com o Método Fast Marching (FMM) quer com o método de Propagação usando uma interface adequada no SISMAGE. A validade deste estudo é demonstrada primeiro, comparando a forma da trajectória do fluxo de cada cálculo e segundo aplicando o sinal 4D numa secção sísmica., en=In reservoir simulation understanding the fluid flows is a complex and mandatory task to solve optimization problems in order to enhance hydrocarbon recovery in the reservoir. In the last years an important aspect of computational methods is the ability to accurately represent fluid fronts with the purpose of demonstrate the fluid path and reduce the computation time. One possible solution is to use a faster computation technique, such as streamlines. However, even streamlines computations requires solving a pressure equation, at least once, and for huge heterogeneous models this can be a challenge. In this study, it’s used the Fast-Marching Method (FMM), which roughly solves the Eikonal equation calculating the first arrival time for all the neighbors connected with the grid block and then choses the faster one, this numerical method calculates the connected volume to a well using slowness as property. This work aims to test how is to compare the streamlines computed by the Total intern software called Destiny+ and the graphs (skeletons) computed either with the Fast-Marching Method (FMM) and with the propagation method using one properly interface in SISMAGE. The validity of this study it’s demonstrated, firstly comparing the shape of the flow path of each computation, and secondly applying the 4D signal in a seismic section.}
{pt=Computação de Streamlines, Computação de Graphs, Método Fast-Marching, Monotorização de Reservatorios, en=Streamlines computation, Graph computation, Fast-Marching Method, Reservoir Monitoring}

novembro 26, 2021, 14:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Leonardo Azevedo Guerra Raposo Pereira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Pierre Thore

TOTAL Energies

Especialista