Dissertação

{pt_PT=Membrane Bioreactors in Wastewater Treatment: Future is Now} {} EVALUATED

{pt=A geração de um ciclo de água sustentável baseado na reutilização de águas residuais tratadas é essencial a longo prazo para resolver o estresse dos recursos de água disponíveis e evitar o aumento da contaminação do planeta. Muitos tratamentos avançados foram desenvolvidos durante as últimas décadas para melhorar a qualidade do efluente oferecido pelos processos tradicionais em estações de tratamento de águas residuais (ETAR), a fim de alcançar os mínimos de reutilização de efluentes tratados exigidos pela regulamentação atual. Como consequência, o design de tratamento avançado provavelmente se tornou o aspecto mais desafiador em uma ETAR. Os biorreatores de membrana (MBR) estão ganhando cada vez mais atenção dia após dia. Capazes de substituir toda uma linha de tratamentos secundários e terciários, esses sistemas compactos obtêm excelentes efluentes prontos para serem reutilizados na maioria dos usos catalogados, sendo especialmente interessantes quando o espaço é um fator limitante e para melhorias graças à sua adaptabilidade aos processos convencionais de lamas ativadas. A expansão do mercado desta tecnologia nos últimos anos induziu uma redução nos custos de capital e operacionais, superando uma das principais desvantagens clássicas da MBR e tornando-se uma alternativa atraente em termos econômicos quando se deseja efluentes de alta qualidade. Critérios operacionais fundamentais são revisados a fim de alcançar um desempenho ótimo do sistema, dando atenção especial às estratégias de manutenção, controle e prevenção de entupimentos. Finalmente, um modelo foi desenvolvido para projetar uma planta MBR compacta com base em todas as informações apresentadas e discutidas durante esta dissertaçao. , en=Generating a sustainable water cycle based in reusing treated wastewater is essential in the long term to solve the stress of the available freshwater resources and avoid increasing the planet contamination. Many advanced treatments have been developed during the last decades to improve the effluent quality offered by the traditional processes in wastewater treatment plants (WWTP) in order to achieve the treated wastewater reuse minimums demanded by the current regulation. As a consequence, advanced treatment design has probably become the most challenging aspect in a WWTP. Membrane bioreactors (MBR), an advanced treatment which combines the activated sludge process with the membrane filtration, are gaining more attention day by day. Able to substitute an entire line of secondary and tertiary treatments, these compact systems obtain excellent effluents ready to be reused in most of the cataloged uses, being especially interesting when space is a limiting factor and for upgradings thanks to their adaptability to conventional activated sludge processes. The market expansion of this technology during the last years induced a reduction in membrane capital costs and an energy demand optimization search, overcoming one of the MBR major classic drawbacks and becoming an attractive alternative in economical terms when high quality effluents are desired. Fundamental operational criteria are reviewed in order to achieve an optimal system performance, giving special attention to fouling maintenance, control and prevention strategies. Finally, a model has been developed to design a compact MBR plant based on all the information presented and discussed during this thesis.}
{pt=MBR, filtraçao por membrana, lamas ativadas, reciclar, ETAR., en=MBR, Membrane filtration, Activated sludge, Recycle, WWTP.}

Outubro 19, 2018, 14:30

Orientação

ORIENTADOR

João Torres de Quinhones Levy

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado