Dissertação

{pt_PT=Oil-Based Drilling Waste Environmental Concerns: An Update Status of The Treatments and Disposal Methods. Status of OBM in Angola} {} EVALUATED

{pt=Desde a década de 1950, Petróleo e Gás (O&G) é o recurso energético natural mais relevante do mundo. atualmente, O&G contribui com mais de um terço das necessidades energéticas mundiais. À semelhança de outras indústrias, O&G gera uma diversidade de resíduos perigosos para o ambiente em formas sólidas, líquidas e gasosas. Em especial, os poços perfurados com lama à base de óleo contribuem com uma quantidade considerável de resíduos poluentes, como hidrocarbonetos e metais pesados. Estes resíduos têm o potencial de prejudicar o meio ambiente e a saúde pública, exigindo assim um tratamento e condicionamento especiais antes do descarte como dejeto final [1][2][3] Tendo em conta o grande volume de aparas de perfuração produzidas durante um projeto de pesquisa de desenvolvimento (R&D) de campos petrolíferos, a natureza complexa dos resíduos produzidos e a regulamentação rigorosa, o tratamento e impacto ambiental dos resíduos constitui uma questão problemática para a indústria [4]. Organizações internacionais, governos e empresas petrolíferas continuam a investir fortemente em tecnologias e procedimentos para reduzir a poluição dos resíduos para níveis aceitáveis [5][6]. Compreender o perigo que estes resíduos representam, as opções de tratamento disponíveis e os custos associados é de grande importância na tomada de decisões. Esta tese visa fornecer um estado atualizado sobre os poluentes de perfuração à base de óleo, inquietações ambientais, métodos de tratamentos e técnicas de descarte dos dejetos disponíveis, eficiências, custos e vantagens/desvantagens de cada um. Também apresenta uma atualização sobre as lamas de perfuração à base de óleo na República de Angola., en=Since the 1950s, Oil, and Gas (O&G) is the world's most relevant natural energy resource. Nowadays, O&G is contributing for more than one-third of the world's energy needs. Like other industries, the O&G sector generates a diversity of environmentally hazardous wastes in solid, liquid, and gaseous forms. In particular, the wells drilled with oil-based mud contribute with a considerable amount of drilling waste containing toxic pollutants such as hydrocarbons and heavy metals. This waste has the potential to harm the environment and public health, thus requiring special treatment and conditioning before its final disposal [1][2][3]. Considering the large volume of drilling cuttings produced during an oilfield R&D project, the complex nature of hazardous waste produced, and strict disposal regulations, the handling of the waste's environmental impact is a significant issue for the oilfield industry [4]. International organizations, governments, and oil companies continue to invest heavily in technologies and procedures to reduce pollution from waste to acceptable levels [5][6]. Understanding the hazard that the drilling waste represents, the available treatment options and the cost associated is of great importance in decision-making. This thesis aims to provide an updated status on the oil-based drilling waste pollutants, environmental concerns, variety of available treatments and disposal techniques, their efficiency, costs, and advantages/disadvantages of each. An update on oil-based drilling mud in the Republic of Angola is also presented.}
{pt=Fluido de perfuração, fluido de perfuração à base de óleo, perfuração de resíduos, gestão de resíduos de perfuração, descarte de resíduos operacionais, eliminação das aparas de perfuração, en=Drilling fluid, oil-based drilling fluid, drilling waste, drilling waste management, operational waste discharge, disposal of drill cuttings}

maio 27, 2021, 14:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Carlos Alberto da Costa Alves

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Catedrático Convidado Aposentado