Dissertação

{pt_PT=Soluções de Escavação e Contenção Periférica na K-Tower, em Lisboa} {} EVALUATED

{pt=Numa conjuntura de crescimento populacional aliada à migração da população para os grandes centros urbanos, realça-se a importância do projeto geotécnico como uma forma de otimizar o pouco espaço ainda existente no seio urbano. Face à intensificação abrupta dos preços por metro quadrado e à luz do desejo de sustentabilidade e de resiliência, o projeto geotécnico viu a sua complexidade grandemente aumentada pelo elevado número de condicionantes e pela crescente procura do espaço subterrâneo. Dado o quadro atual, a dissertação acompanha o estudo do projeto geotécnico elaborado para a K-Tower, futuro edifício de escritórios, situado em Lisboa, que confronta o túnel do Metropolitano de Lisboa. Para a empreitada, foi estudada uma solução de cortina de estacas espaçadas, travada por ancoragens e por escoramentos de canto. Por conseguinte, a fim de analisar o desempenho da solução adotada, modelou-se a secção designada condicionante com recurso a um software de elementos finitos, Plaxis 2D. Assim, através da comparação do desempenho obtido na modelação com as leituras registadas pela instrumentação em obra, realizou-se uma retroanálise da solução definida, de modo a aproximar o modelo original à realidade. Por último, após verificações de segurança aos diversos estados limites, propôs-se uma solução semelhante, mas economicamente mais vantajosa face à adotada em projeto. A solução proposta preconiza uma cortina de estacas com uma menor taxa de armadura e com um espaçamento ligeiramente superior entre as mesmas face ao espaçamento adotado pela solução original. Esta visa diminuir custos, prazos, material e impacto ambiental, mantendo o mesmo desempenho estrutural. , en=In a scene of rapid growing population, together with its migration towards the urban areas, the geotechnical project importance is emerging as a way to optimize the sparse space still available in the urban core. Facing a fast squared meter price rise, and under the light of sustainability and resilience, the geotechnical project complexity was substantially increased by the high number of conditioning factors and the rising demand for underground space. In this context, the present work squires the geotechnical project for the K-Tower, office building to be, located in Lisbon, which faces the Lisbon Metro tunnel. For this contract, a spaced pile wall solution was carried out with temporary ground anchors and corner struts as bracing elements. Therefore, the critical section was modelled by means of a finite element software, Plaxis 2D in order to analyze the performance of the chosen solution. Hence, by comparing values collected at the site through instrumentation with the numerical model output ones, a back-analysis was carried out in order to reduce the gap between the numerical and the monitoring values. Finally, after ensuring serviceability and ultimate limit states, a similar but more economical solution was studied and proposed. This solution promotes a wider spaced pile wall optimizing the steel rebars per pile when compared to the original designed solution. This solution attempts to maintain the structural performance while optimising costs, deadlines, material and environmental impact. }
{pt=estruturas de contenção periférica, cortina de estacas, modelação, túnel, observação, en=Peripheral earth retaining structures, pile walls, modelling, tunnel, monitoring}

Fevereiro 26, 2021, 9:0

Orientação

ORIENTADOR

Alexandre da Luz Pinto

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado Convidado