Dissertação

{pt_PT=Estudo do comportamento térmico de gabinetes médicos de unidades hospitalares} {} EVALUATED

{pt=A construção e sobretudo a reabilitação de edifícios antigos, com vista à redução do consumo de energia, satisfazendo as atuais exigências de conforto, assumem hoje uma grande relevância. Do edificado existente, os hospitais pela natureza da sua função e o tipo de serviços e cuidados que prestam são por um lado grandes consumidores de energia, mas por outro onde o potencial de economia da mesma é maior. Este trabalho pretende efetuar um estudo experimental e de simulação das características de comportamento térmico de gabinetes médicos de um edifício hospitalar. Para tal foi realizada uma campanha experimental em dois gabinetes médicos com orientações solares distintas, do edifício Dr. Francisco Gentil do IPO de Lisboa. Os resultados obtidos permitiram inferir sobre as condições de funcionamento real a nível térmico, quer dos elementos construtivos quer do ambiente interior, o que constitui uma importante informação de suporte para qualquer estratégia de melhoria da eficiência energética. Posteriormente, elaborou-se um modelo de simulação dos gabinetes através do programa EnergyPlus. Após a calibração do referido modelo com os resultados experimentais, foi simulado um conjunto de possíveis soluções de reabilitação energética que potenciam um melhor desempenho energético do edifício. A aplicação pelo exterior de isolamento térmico em poliestireno extrudido (XPS) na fachada exterior e cobertura (com 6 e 7 cm, respetivamente) e a substituição do envidraçado simples incolor existente por um envidraçado duplo refletivo revelou ser uma boa proposta de reabilitação energética, com uma economia de energia da ordem dos 50% nos gabinetes estudados., en=The construction and especially the rehabilitation of old buildings, in order to reduce the energy consumption, satisfying the current requirements of comfort, are nowadays of great relevance. Hospitals are buildings that by the nature of their function - providing health care with maximum comfort, hygiene and safety - are a priori high energy consumers. This fact also makes them buildings where the potential of energy saving is high. This work intends to carry out an experimental and simulation study to assess the thermal behavior of medical offices. For this purpose, the monitoring of the environment and building envelope of two representative medical offices in the Francisco Gentil Building of IPO (Lisbon) with different solar orientations, was conducted during both the heating and cooling seasons. The obtained results allowed inferring about the actual thermal performance, at both the constructive and environmental level, which constitutes important supporting information for any strategy to improve energy efficiency. Along with the experimental campaign, an EnergyPlus simulation study of the offices was performed. After the calibration of the model with the experimental results, a set of possible energy retrofitting solutions was simulated that enhance the energy performance of the building. The external application of XPS thermal insulation in the exterior facade and roof (with 6 and 7 cm, respectively) and the replacement of the existing single clear glazing unit by a double reflective glazing unit proved to be a proper proposal of energy rehabilitation, with energy savings of up to 50% in the offices studied. }
{pt=Palavras-chave: hospitais, comportamento térmico, monitorização, simulação, en=Key words: hospitals, thermal behavior, monitoring, simulation}

Junho 5, 2019, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Maria da Glória De Almeida Gomes

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

António Heleno Domingues Moret Rodrigues

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado