Dissertação

{pt_PT=Avaliação de sistemas de aproveitamento de águas pluviais em edifícios com cobertura verde} {} EVALUATED

{pt=O aproveitamento de águas pluviais é uma prática que consiste na captação da água das chuvas para posterior utilização. A sua aplicação é fomentada enquanto medida para a conservação dos recursos naturais. Esta prática provoca uma diminuição do consumo de água fornecida pelas empresas de abastecimento e a redução da probabilidade de ocorrência de cheias em meio urbano. Igualmente as coberturas verdes podem ser usadas para controlo da ocorrência de cheias além de contribuírem com benefícios ecológicos e energéticos. A viabilidade da utilização conjunta destas medidas tem vindo a ser objecto de estudo, estando ainda pouca informação disponível acerca deste tema, nomeadamente em clima Mediterrânico. O escoamento de coberturas verdes e tradicionais diferem em quantidade, qualidade e distribuição temporal. A viabilidade do aproveitamento de água pluvial depende da área de captação, volume armazenado, da precipitação e do consumo. No estudo conjunto deste sistema com uma cobertura verde, o tipo e profundidade do substrato, o tipo de vegetação e a evapotranspiração devem ser tidos em conta. Partindo dos resultados do projecto NativeScapeGR desenvolveu-se um modelo do escoamento em coberturas verdes e avaliou-se a sua eficiência para o aproveitamento de água da chuva para rega da cobertura e o consumo não potável numa habitação de 3 pessoas. Constatou-se que em sistemas semelhantes a cobertura verde prejudica a eficiência do aproveitamento de águas pluviais e a poupança de água comparativamente a uma cobertura tradicional. Em coberturas verdes a eficiência do aproveitamento é inferior para rega da cobertura do que para usos não-potáveis. , en=Rainwater harvesting is an ancient practice that consists in the capture and storage of rainwater for subsequent use. Its application is promoted as a measure for natural resources conservation. This practice causes a decrease in the consumption of the water supplied by water companies and on the probability of occurring floods in urban areas. Likewise, green roofs might also be used for flooding episodes control and contribute to ecological and energy benefits. The viability of using both measures has become the object of studies, still being limited information on this subject, especially in Mediterranean climates. The runoff from traditional and green roofs varies in quantity, quality and time distribution. The viability of the application of a rainwater harvesting system depends on the area, stored volume, precipitation and consumption. On a joint study of this system with a green roof, the type and depth of the substrate, type of vegetation and evapotranspiration should also be considered. From the NativeScapeGR’s project results a green roofs runoff model was developed and the green roof rainwater harvesting system evaluated. A simulation of the consumption of a drip irrigation system responsible for restoring the water losses by evapotranspiration on the green roof and a simulation of the non-potable water consumption in a three people single-family house were made. On similar systems, the green roof penalizes harvesting efficiency and water savings compared to a traditional roof. On green roofs it was found that the harvesting efficiency for green roof watering is lower than for non-potable uses.}
{pt=Aproveitamento de Águas Pluviais, Coberturas Verdes, Evapotranspiração, Coeficiente de Escoamento, en=Rainwater harvesting, green roofs, evapotranspiration, runoff coefficient}

Outubro 31, 2018, 14:0

Orientação

ORIENTADOR

Maria Cristina De Oliveira Matos Silva

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Maria do Rosário da Conceição Cameira

Instituto Superior de Agronomia

Professor Associado