Dissertação

{pt_PT=A comparative study of geostatistical history matching of watt field reservoir at different scales} {} EVALUATED

{pt=Na indústria petrolífera, as decisões de desenvolvimento de campo são baseadas em modelos tridimensionais de reservatórios. Esses modelos, por sua vez, dependem de uma boa correspondência histórica entre a produção observada e a simulação para prever o comportamento dos reservatórios. O conhecimento humano de qualquer reservatório é limitado e, como resultado, os modelos propostos apresentam grandes incertezas. Durante a produção, as observações do reservatório fornecem informações cruciais sobre o fluxo de fluido subterrâneo. A correspondência do histórico visa modelar as propriedades do reservatório perturbando os parâmetros do modelo e, em seguida, usar esses modelos atualizados para prever o comportamento futuro do reservatório. Esta tese compara a correspondência geoestatística da história de um reservatório semi-sintético - o Campo Watt - em duas escalas. Simulação sequencial estocástica e co-simulação, estas foram utilizadas como técnica de perturbação do modelo. Também foi realizado um procedimento de aumento de escala no reservatório para ter diferentes tamanhos de grades, a fim de ajudar na comparação. O upscaling mostrou bons resultados que foram validados pelas curvas de produção após a simulação do fluxo. Os resultados da correspondência da história geoestatística mostraram que a escala fina produzia uma melhor qualidade de correspondência em relação à escala grossa. Representava o padrão geral mais do que a escala grossa e tinha mais curvas de produção mais próximas dos dados do histórico do que a escala grossa. Uma desvantagem da escala fina é o tempo de processamento computacional que levou 39h11m em comparação com a escala grossa que foi 09h17m., en=In the petroleum industry, field development decisions are based on three-dimensional reservoir models. These reservoir models in turn depend on a good history match between observed and simulated production to forecast reservoirs’ behavior. Human knowledge of any reservoir is limited and as a result proposed models have large uncertainties. During production, observations from reservoir like production rate, bottom hole pressure provide us crucial information about the subsurface fluid flow. History matching aims to model the reservoir properties by perturbing model parameters and then use these updated models to predict future behaviour of reservoir. This thesis compares geostatistical history matching of a semi synthetic reservoir - the Watt Field – at two scales. Stochastic sequential simulation and co-simulation were used as model perturbation technique. An upscaling procedure was also carried out on the reservoir to have different grids sizes so as to aid comparison. The upscaling showed good results which was validated by production curves after flow simulation. The results from geostatistical history matching, showed that the fine scale produced a better match quality over the coarse scale. It represented the general pattern more than the coarse scale and had more production curves closer to the history data than the coarse scale. One disadvantage of the fine scale is the computational processing time which took 39h11m as compared to the coarse scale which was 09h17m.}
{pt=Correspondência de histórico, Geoestatística, Simulação eqüencial Direta, Transferencia de Escala., en=History Matching, Geostatistics, Direct Sequential Simulation, Upscaling.}

Novembro 19, 2019, 15:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Leonardo Azevedo Guerra Raposo Pereira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar