Dissertação

{pt_PT=The impact of the early cretaceous igneous intrusion in the Falkland Plateau Basin} {} EVALUATED

{pt=O Falkland Plateau possui uma bacia sedimentar em offshore, a Este das Ilhas Falkland. A bacia foi criada durante a divergência da Gondwana, no Jurássico Médio, estando exposta a forças extensivas durante a abertura do Oceano Atlântico Sul. Foi encontrado na bacia um sistema de intrusões magmáticas datadas do Cretáceo Inferior. O estudo dessas intrusões permite um maior conhecimento e compreensão das implicações no sistema petrolífero. Durante a realização do projeto foram analisados oito horizontes e foram interpretados 92 intrusões magmáticas formando sills. Todos os horizontes foram convertidos de tempo, em milissegundos, para profundidade, em metros, usando um modelo de velocidades baseado na literatura. As geometrias dos corpos magmáticos dependem da profundidade de intrusão. Em profundidades maiores os sills tendem a ter uma geometria mais planar. Os sills mais profundos alimentam o material de sills menos profundos, através de fraturas. Foram encontrados dois pontos onde o material magmático chega à superfície levando à escorrência de lavas que cobrem a parte Sudoeste do volume sísmico analisado. Sabendo que as intrusões magmáticas estão contidas num pacote de shales com elevado potencial petrolífero, estas podem ter contribuído para uma precoce maturação da rocha-geradora. Para inferir essa possibilidade foi criado um modelo 1D da bacia. O modelo consiste no estudo da maturação térmica da bacia e foi aplicado a um conjunto de pseudo-poços de forma a extrapolar esse estudo para todo o volume analisado. O modelo mostra um pico de maturação aquando da intrusão. No entanto a influência na maturação atual é pouco visível. , en=The Falkland Plateau Basin is an sedimentary basin to the east of the Falkland Islands. The basin was created during the Gondwana breakup, on the Middle Jurassic, and was exposed to extensional forces during the South Atlantic Ocean opening. A system of magmatic intrusions are affecting the basin and date from the Early Cretaceous. The study of these features allows the comprehension of the basin formation as well as assess about the implication on the petroleum system. Eight horizons were interpreted and there were identified 92 magmatic intrusions forming sills. The geometries of the intrusions depend on the depth of emplacement. In greater depths, more planar tend to be the sills. The deeper sills are feeding magma to the upper layers by exploiting fractures. It is also possible to see two points where the magma extrudes, covering most part of the South-East area of the seismic volume. Since these intrusions are contained in a package of black shale with a highly petroliferous potential dated from Upper Jurassic to Early Cretaceous, they could have contributed to the maturation of the source rocks in the basin. It was performed a Basin modelling study, by using a 1D basin model and it was fit to a set of pseudo-wells inside the seismic volume, in order to infer the maturation of the source-rock for the volume. The results show a peak of maturation when the intrusions where emplaced, but the general influence in nowadays maturation is not that visible. }
{pt=Intrusões magmáticas, Falkland Plateau, Interpretação sísmica, Modelo de bacia., en=Magmatic intrusions, Falkland Plateau Basin, Sills, Seismic interpretation, Basin modelling.}

Novembro 27, 2019, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Leonardo Azevedo Guerra Raposo Pereira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Uisdean Nicholson

Heriot-Watt University

Professor Auxiliar