Dissertação

{pt_PT=3-D Joint Refraction and Reflection Travel-time Tomography of Wide-angle Seismic Data from Colombia-Ecuador Convergent Margin} {} EVALUATED

{pt=O projeto ESMERALDAS consistiu numa aquisição de dados de refracção e reflexão sísmica 3-D de grande amplitude ângular levada a cabo em 2005 na zona de subducção no limite entre a placa de Nazca e a placa do Norte dos Andes. A maioria das aplicações de tomografia 3-D de tempos de chegada usam apenas as primeiras chegadas para definir a velocidade do campo. Consequentemente, estes não fornecem as informações sobre a geometria da "megathrust" da zona de subducção. Neste trabalho, foi realizado pela primeira vez, a combinação entre dados de sísmica de refração e reflexão de grande amplitude ângular com um código tomográfico de tempos de chegada das refrações e reflexões agregados, visando a obter um modelo 3-D de velocidade da margem de subducção e a geometria do limite inter-placa com um detalhe sem precedentes. Na presente dissertação, foi melhorada a escolha dos tempos de chegada das refrações e consequentemente foi obtido um modelo 3-D de velocidade com resultados estatísticos melhores do que os obtidos em trabalhos anteriores. O passo seguinte passou por incluir os tempos de chegada das reflexões com o objetivo de testar o código de tomografia de tempos de chegada agregados (TOMO3D) e obter a geometria do refletor. De acordo com os resultados finais obtidos, a posição do refletor foi boa o suficiente para analisar as velocidades subjacentes. As variações laterais de velocidade existem e são altas o suficiente para que se possa falar da possibilidade de significativas variações laterais de rigidez. , en=ESMERALDAS project is a 3-D refraction and wide-angle reflection seismic experiment from 2005 which was conducted in the subduction zone at the border between the Nazca plate and the North Andes plate. The rheology and structure of the plates, shear stress distribution, fluids pressure, or thermal structure, etc, have been proposed to play a role in determining dynamic behavior of the rupture. These factors are conditioned, in turn, by the properties of the rocks undergoing deformation during seismic rupture, and by the fault geometry and roughness associated to the plates limit. In this work, to the best of my knowledge, it was considered for the first time the combination between refraction and reflection wide-angle seismic data using a travel-time tomography code (TOMO3D) to retrieve a 3-D velocity model of margin and the geometry of the inter-plate boundary, with unprecedented detail. Additionally, most 3-D travel-time tomography tools use only first arrival times to define the velocity field, consequently they do not provide information on the megathrust geometry. The results show that combining refracted and reflected phases improves the velocity model, but the geometry of the reflector is still uncertain. The position of the reflector was still good enough to analyze velocities above it, and to check the validity of taking constant rigidity value in the process of earthquake seismic moment calculations. Lateral velocity variations do exist, and they are high enough so that we can talk about the possibility of significant lateral variations of rigidity. }
{pt=Tomografia sísmica 3-D, Sísmica de grande amplitude ângular, Zonas de subducção, en=3-D Travel-Time Tomography, Wide-angle Seismic Data, Subduction Zones}

Novembro 13, 2019, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Leonardo Azevedo Guerra Raposo Pereira

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Valenti Sallares Casas

Institute of Marine Sciences

Investigador