Dissertação

{pt_PT=Estudo de viabilidade económica da aplicação de coberturas e fachadas verdes em edifícios públicos: O caso de estudo das Escolas Primárias} {} EVALUATED

{pt=Ao longo dos anos têm vindo a ser aplicadas infraestruturas verdes em meio urbano. O intuito é mitigar os efeitos negativos da urbanização massiva e transformar as cidades em ambientes mais sustentáveis. Os benefícios são inúmeros, públicos e privados, transversais a várias dimensões. Beneficiam os utilizadores, as infraestruturas e a sua envolvente. Respondem a problemas estéticos, a problemas de desconforto, a problemas ambientais, entre outros. Ainda assim, a viabilidade económica destas soluções ainda é discutida, levando à necessidade de se realizarem mais análises custo-benefício (ACB) a variados cenários. Este estudo sugere uma metodologia de análise da viabilidade económica da aplicação de coberturas e fachadas verdes em edifícios públicos e, em particular, em escolas primárias, com base numa revisão bibliográfica e que se encontra organizada tendo em conta as fases de ciclo de vida deste tipo de estruturas e os diferentes âmbitos dos edifícios públicos e das escolas primárias, integrando componentes financeira, económica e socioambiental. Aplica-se essa metodologia às escolas primárias EB1+JI Manuel Teixeira Gomes e à EB1+JI do Bairro do Armador, localizadas em Marvila, Lisboa. Avaliam-se cinco cenários de infraestruturas verdes por cada escola em estudo. A ACB, realizada a 40 e 50 anos com taxas de atualização de 6,71% e 6,67%, demonstra que existe viabilidade económica para nove dos dez cenários avaliados. Os valores atualizados líquidos variam entre -17 076,61 € e 2 377 917,25 €. Parâmetros como a melhoria estética e do isolamento sonoro têm um impacto relevante no VAL, alterando o valor até 21% e 8%, respetivamente. , en=Over the years green infrastructures have been applied in urban areas. The main goal is to mitigate the negative effects of massive urbanization and transform cities into more sustainable environments. The benefits are several, public and private, across multiple dimensions. They benefit the users, the infrastructures and their surrounding environment and respond to aesthetic problems, problems of discomfort, to environmental problems, among others. Even so, the economic viability of these solutions is still discussed, leading to the need for more cost-benefit analysis (CBA) in different scenarios. This study suggests a methodology for analyzing the economic feasibility of the application of green roofs and green facades in public buildings and in primary schools, based on a bibliographical review and organized according to the life cycle phases of this type of structures and the different dimensions of public buildings and primary schools, integrating financial, economic and socio-environmental components. This methodology is applied to primary schools EB1 and JI Manuel Teixeira Gomes and to EB1 and JI of Bairro do Armador, located in Marvila, Lisbon. Five scenarios of green infrastructure are evaluated for each school under study. The ACB, carried out at 40 and 50 years with updating rates of 6.71% and 6.67%, shows that there is economic viability for nine of the ten scenarios evaluated. The net present values (NPV) diverge between -17 076,61 € and 2 377 917,25 €. Parameters such as aesthetic improvement and increased sound insulation have a significant impact on NPV, changing it until 21% and 8%, respectively. }
{pt=Coberturas Verdes, Fachadas Verdes, Edifícios Públicos, Escolas Primárias, Estudo de Viabilidade Económica, en=Green Roofs, Green Walls, Green Facades, Public Buildings and Spaces, Kindergartens and Primary Schools, Viability Study}

Junho 7, 2018, 9:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Maria Cristina De Oliveira Matos Silva

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Carlos Paulo Novais Oliveira da Silva Cruz

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar