Dissertação

{pt_PT=Adaptação da infraestrutura rodoviária a veículos de condução autónoma} {} EVALUATED

{pt=Os veículos de condução autónoma (AV) prometem revolucionar a mobilidade e os transportes globalmente. É da maior importância perceber as consequências da sua utilização nos meios urbanos, onde se concentra grande parte da população mundial e onde os desafios da sua integração aparentam ser maiores. Neste sentido, a presente dissertação tem o objetivo principal de analisar a influência da integração dos AV na infraestrutura rodoviária existente, tal como ela está concebida para ser utilizada por veículos e peões na atualidade. Nomeadamente, pretende-se analisar as eventuais mudanças da infraestrutura da rede rodoviária para a melhor adaptação à utilização dos AV, assunto muito pouco desenvolvido na atualidade. Como caso de estudo, procedeu-se à modelação virtual da utilização de AV numa zona urbana, sendo selecionada a Zona 1 da Zona de Emissões Reduzidas (ZER) de Lisboa. A modelação foi realizada através do software PTV VISUM, estabelecendo-se em primeiro lugar um cenário base e, posteriormente, cenários alternativos, caracterizados, nomeadamente por: criação de via exclusiva para AV; distribuição mista de tráfego entre viaturas com condutor e AV e finalmente, um cenário recorrendo a uma frota integral de AV. Os resultados da modelação permitiram analisar a influência da integração dos AV ao nível do congestionamento de tráfego e das emissões de gases poluentes, constatando-se um efeito muito positivo. Relativamente à infraestrutura rodoviária, foram apresentadas sugestões, mas concluiu-se que pode haver dificuldade no atual momento para modificações profundas em meio urbano, em particular, num cenário de tráfego partilhado. , en=Autonomous vehicles (AV) promise to revolutionize mobility and transport globally. As such, it is of the utmost importance to realize the consequences of its presence in urban environments, where the majority of the world population exists and therefore the biggest challenges. This study aims to determine how AVs will influence the infrastructure of the urban environment since it was designed to be used by today’s vehicles and pedestrians. It aims to analyze changes in road infrastructures to enable the use of AVs, a subject that has yet to be further developed. As a case study, the use of AV in an urban area was simulated, with Lisbon's Zone 1 of the Reduced Emissions Zone (ZER) as the focus area, using PTV VISUM software. A base scenario was established and later on alternative scenarios were considered, such as the creation of an exclusive AV route, mixed distribution of traffic between vehicles with human driver and AV and finally, a scenario resorting to a 100% AV fleet. The results of the simulation were analyzed considering the impact on traffic congestion and emission of pollutant gases. The study of these parameters allowed to demonstrate that there is a positive tendency to mobility and a significant reduction in the emission of polluting gases. As for infrastructure, the conclusion is that there is a high level of difficulty at the current moment to perform radical changes in an urban setting, especially in a scenario where human drivers and AV coexist. }
{pt=Veículos de condução autónoma, infraestrutura rodoviária, engenharia, transportes, mobilidade, en=Autonomous vehicles, road infraestruture, enginnering, transports, mobility}

Novembro 8, 2018, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

José Manuel Coelho das Neves

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar