Dissertação

{pt_PT=Study of an upwelling event in the Portuguese coast - Upwelling Filaments in Aveiro region} {} EVALUATED

{pt=Este trabalho é sobre o afloramento costeiro na região de Aveiro, com o objetivo de compreender e simular a geração de filamentos durante um evento de afloramento costeiro no verão de 2011. O principal problema abordado é saber se a existência da pluma na costa ocidental ibérica (WIBP) proveniente das descargas dos rios, afeta a formação do chamado filamento de Aveiro. Para verificar a influência da pluma na formação do filamento, realizaram-se simulações numéricas com o modelo 3D hidrodinâmico MOHID, em dois cenários distintos. No primeiro cenário, o modelo foi inicializado com os valores conhecidos de temperatura e salinidade, enquanto que no segundo cenário a água menos salina junto à costa foi substituída por água com salinidade igual a 35,9 psu. Comparando ambos os cenários, a principal conclusão deste trabalho é que a pluma, considerando apenas a contribuição da salinidade, não afeta a extensão do filamento, mas sim a sua direção, uma vez que existe um deslocamento para sul. Em termos de extensão de filamento, comparou-se o modelo MOHID com um modelo analítico, o modelo de Lentz. No entanto, o modelo de Lentz mostra que, sem a assinatura de salinidade da WIBP, a pluma atinge uma distância de 122 km, enquanto que, sem a assinatura de temperaura, a distância atingida é de 127 km. Esta redução na extensão do filamento não foi observada nos resultados do MOHID., en=This work is about coastal upwelling in the region of Aveiro, aiming to understand and simulate the generation of filaments during an upwelling event in the summer of 2011. The main issue addressed is whether the existence of the Western Iberian Buoyant Plume (WIBP) due to river discharges, affects the formation of the so-called Aveiro filament. To verify the influence of the plume on the filament formation, numerical simulations were performed using the hydrodynamic 3D model MOHID, in two distinct scenarios. In the first scenario, the model was initialized with the known values of temperature and salinity, whereas in the second scenario the coastal fresher water was replaced by saltwater with a salinity equal to 35.9 psu. Comparing both scenarios, the main conclusion of this work is that the plume, considering only the contribution of the salinity, does not affect the filament extension but rather its direction, since there is a southward displacement. In terms of filament extension, MOHID model was compared with an analytical model, the Lentz's model. The comparison confirmed that the replacement of coastal fresher water by saltwater does not affect the filament extension, which is about 150 km in both cases. However, Lentz’s model shows that without the salinity signature of the WIBP the buoyant plume reaches a distance of 122 km, while without the temperature signature the offshore distance is 127 km. These reductions in the filament extension were not observed with the MOHID model.}
{pt=afloramento costeiro, MOHID, circulação oceânica, filamentos de afloramento costeiro, pluma dos rios na costa ocidental ibérica, en=costal upwelling, MOHID, ocean circulation, filaments, Western Iberian Buoyant Plume}

Outubro 3, 2017, 11:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Aires José Pinto dos Santos

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Professor Auxiliar

ORIENTADOR

Lígia Laximi Machado de Amorim Pinto

Departamento de Engenharia Mecânica (DEM)

Colaborador Docente