Dissertação

{pt_PT=Contributo para a avaliação de iniciativas sócio urbanas inovadora. O programa BIP/ZIP - Reabilitação e requalificação de espaços} {} EVALUATED

{pt=Esta dissertação desenvolve uma reflexão crítica sobre as 7 edições que decorreram entre 2011 e 2017 do Programa BIP/ZIP (Bairros de Intervenção Prioritária / Zonas de Intervenção Prioritária) de iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa. Pretendeu-se sistematizar os resultados do programa quanto à distribuição espacial dos projetos submetidos e aceites e, especificamente, na temática da reabilitação e requalificação de espaços (RRE). Através da análise documental dos dados obtidos este estudo reflete: sobre a relevância dos processos de participação ativa na gestão da cidade; descreve o programa; sistematiza os projetos a concurso, e em particular na temática em estudo. Quanto aos resultados verifica-se que: o número total de candidaturas aprovadas em todas as temáticas é menor do que as candidaturas submetidas; os valores a financiamento das candidaturas aprovadas são superiores ao valor inicialmente estipulado; o mérito da candidatura, está condicionado à liderança da participação das entidades, sendo determinante para a aprovação; os projetos RRE têm vindo a diminuir ao longo das sete edições; a omissão de fichas de diagnóstico é uma fragilidade; a ausência de relatórios de avaliação capazes de constatar o “impacto” dos projetos nos destinatários e na comunidade é uma forte limitação. Sugerem-se nesta dissertação medidas corretivas quanto: ao diagnóstico da dimensão urbanística; à divulgação do programa junto das comunidades; à inclusão de ateliers de arquitetura assim como de profissionais de reabilitação urbana para parcerias. Por fim, os critérios de classificação dos projetos RRE carecem, dada à sua tecnicidade, de critérios de avaliação específicos da área de arquitetura. , en=This dissertation develops a critical reflection on the 7 editions that took place between 2011 and 2017 of the BIP / ZIP (Priority Intervention Districts / Priority Intervention Zones) initiative of the Lisbon City Council. The aim was to systematize the results of the program regarding the spatial distribution of the submitted and accepted projects and, specifically, in the theme of the rehabilitation and requalification of spaces (RRE). Through documentary analysis of the data obtained, this study reflects: on the relevance of active participation processes in city management; describes the program; systematizes the applied projects, and in particular in the subject under study. The results show that: total number of applications approved in all subjects is lower than the submitted applications; amounts to be paid for the approved applications are higher than the amount initially stipulated; merit of the candidacy, is conditioned to the leadership and participation of the entities, being decisive for the approval; RRE projects have been decreasing over the seven editions; the omission of diagnostic reports is a fragility; the absence of evaluation reports capable of verifying the "impact" of the projects on the recipients and in the community is a strong limitation. We suggest in this dissertation corrective measures regarding: the diagnosis of the urban dimension; dissemination of the program to communities; the inclusion of architectural studios as well as urban rehabilitation professionals for partnerships. Finally, the classification of RRE projects lack, given their technicality, specific architectural criteria.}
{pt=BIP/ZIP, Participação, Governação, Reabilitação, Requalificação, en=PIN/PIZ, Participation, Governance, Rehabilitation, Requalification}

Novembro 23, 2018, 11:0

Orientação

ORIENTADOR

Jorge Manuel Gonçalves

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Auxiliar