Dissertação

{pt_PT=Investigating the usefulness and efficiency of field push-pull tests in obtaining significant parameters of pathogen fate and transport in groundwater system } {} EVALUATED

{pt_PT=A gestão de recarga induzida de aquíferos (MAR) é um dos métodos mais utilizados para lidar com a escassez de água para usos diversos como os domésticos, industriais ou irrigação. Para além de melhorar a sustentabilidade dos recursos de água em termos de quantidade, também parece contribuir para melhorar a qualidade da água, tanto do ponto de vista químico como microbiológico. A caracterização quantitativa desta melhoria da qualidade tem sido investigada em diversas experiências laboratoriais e in situ. Além destes, os testes “Push-Pull” que têm sido amplamente utilizados para caracterizar a reatividade química dos aquíferos têm contribuído para obter informações sobre a melhoria da qualidade química da água injetada. No entanto, a parametrização do comportamento bacteriano em ambiente in situ não tem sido eficazmente estudado utilizando os testes “Push-Pull”. Principalmente, os parâmetros de transporte bacterianos, tais como a taxa de fixação, a taxa de destacamento, escorrimento e coeficientes de bloqueio, foram obtidos através de modelação e experiências laboratoriais. Além disso, os valores dos parâmetros foram utilizados no modelo HYDRUS1D para ajustar os dados observados durante o teste Push-Pull em campo com água de injeção bacteriana em Delft, na Holanda. O objetivo final foi investigar se os dados observados e os dados do modelo mostram boa concordância entre si mas os resultados não foram absolutamente conclusivos, pelo que não se poderá ainda utilizar os testes de push-pull para prever os parâmetros de transporte bacterianos embora a redução de algumas incertezas experimentais poderá permitir uma conclusão mais definitiva., en_GB=Managed aquifer recharge (MAR) is one of the most widely used and significant mode of coping up with water shortage ranging or domestic, industrial as well as irrigation purposes. In addition to enhancing water sustainability in terms of quantity, the systems have also been observed to improve water quality, both chemically and microbiologically. Quantitative characterization of these improvements have been investigated in number of laboratory experiments and some in-situ experiments. Besides these, Push-Pull test has been widely used so far for characterizing chemical reactivity of aquifer and therefore have provided an insight to chemical quality improvement of injected water. However, parameterizing bacterial behaviour in in-situ environment has not been effectively studies so far using Push-Pull test. This thesis focuses on this research gap to investigate whether the test could be used for obtaining bacterial transport parameter under in-situ condition. Primarily, bacterial transport parameters such as attachment rate, detachment rate, straining and blocking coefficients, were obtained through modelling and laboratory experiments. Further, the parameter values were employed in HYDRUS1D model to fit observed data during field Push-Pull test with bacterial injection water in Delft, the Netherlands. The final objective was to investigate whether these observed data and model predicted data show good agreement between each other. At this point, it is not possible to predict the bacterial transport parameters through push-pull test, however there are a number of uncertainties in both field and laboratory experiment which much be minimized in order to provide some absolute conclusion.}
{pt_PT=recarga induzida aquíferos, teste de push-pull, transporte bacteriano, HYDRUS1D, en_GB=managed aquifer recharge, teste de push-pull, bacterial transport, HYDRUS1D   }

Setembro 7, 2018, 9:30

Orientação

ORIENTADOR

Maria Teresa Condesso de Melo

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Colaborador Docente

ORIENTADOR

Jan Willem Foppen

UNESCO-IHE, Delft, the Netherlands

Especialista

ORIENTADOR

Boris van Breukelen

Technical University of Delft, the Netherlands

Especialista