Dissertação

{pt_PT=Segurança pedonal e caminhabilidade do espaço urbano: o caso da zona envolvente de escolas em Lisboa} {} EVALUATED

{pt=A necessidade de promover uma mobilidade mais sustentável, traz consigo uma preocupação acrescida de garantir a segurança daqueles que optam por meios de transportes onde a sua vulnerabilidade é maior. Este trabalho propõe a aplicação de metodologias de modelação com o objetivo de identificar os fatores chave do desenho urbano capazes de influenciar de forma relevante as condições de segurança dos segmentos urbanos e a contagem de atropelamentos ocorridos. A diminuição da sinistralidade rodoviária e o cuidado a ter em relação a utilizadores vulneráveis são referidos em documentos nacionais e internacionais. Assim esta dissertação propõe a utilização de Modelos Generalizados Lineares como ferramenta de estudo sobre a segurança pedonal em ambiente rodoviário urbano. Referidos na literatura como modelos matemáticos capazes de descrever com relevância o fenómeno da contagem de eventos raros, bem como os fatores que influenciam a sua ocorrência. O trabalho aplica modelos ao caso de estudo da cidade de Lisboa, utilizando para tal o levantamento georreferenciado de todos os atropelamentos ocorridos entre 2010 e 2013 e as variáveis de caminhabilidade fornecidas pelo projeto IAAPE. Conclui-se que fatores como o compromisso no desenho urbano para a caminhabilidade, conforto dos caminhos pedonais e legibilidade do espaço tornam as vias mais seguras para os peões e diminuem a ocorrência de atropelamentos. Já melhores condições de conectividade dos percursos viários, maior conveniência do espaço urbano e maior segurança do ambiente encontram-se associados a um maior risco para o peão, o que deverá ser considerado no planeamento da cidade e a respetiva mobilidade., en=The need of promoting a more sustainable mobility, particularly in cities and urban spaces, bring an increased concern to assure the safety of those who choose these transport modes where the vulnerability is higher, when sharing space with motorized vehicles, especially pedestrians. This work proposes the application of data modeling methodologies to identify key factors of urban design that influence, in a relevant way, the safety conditions in the urban road environment and, consequently, car-pedestrian crash frequency. The decrease in road accidents and protecting vulnerable users of the road environment are referred in both national and international guidelines as strategic objectives in the urban mobility planning. This dissertation uses Generalized Linear Models (GZLM) to study car-pedestrian crash frequency. These models are referred in the literature as mathematical models able to describe the rare event counting phenomena, as well as the factors influencing its occurrence. The work applies the referred models to the case of study in Lisbon municipality, analyzing the pedestrian crashes from 2010 to 2013 and walkability variables obtained by IAAPE project. As conclusion factors as urban design commitment, comfort and legibility of the space make the streets more secure to pedestrians and decrease pedestrian crashes occurrence. On the other hand, better connectivity in daily path, more convenience of the urban space and more safety of the build environment are associated with more risk to pedestrians that requires careful consideration by mobility and urban planners.}
{pt=Atropelamentos, Segurança Pedonal, Modelos Lineares Generalizados, Lisboa, Modelação de Transportes, en=Pedestrian run over, Pedestrian Safety, Generalized Linear Models, Lisbon, Transportation Modelling}

Fevereiro 27, 2018, 16:0

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Filipe Manuel Mercier Vilaça e Moura

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Associado