Dissertação

{pt_PT=Escórias vulcânicas tratadas com cimento para pavimentos rodoviários de baixo volume de tráfego no arquipélago dos Açores} {} EVALUATED

{pt=As ilhas do arquipélago dos Açores devido à sua natureza vulcânica, são abundantes em escórias vulcânicas, localmente conhecidas como bagacinas. Este agregado natural, pouco dispendioso e de fácil extração, apresenta boas características geotécnicas, tais como, capacidade de suporte significativa, granulometria extensa e bem graduada, plasticidade nula ou muito reduzida e boa capacidade de drenagem. No entanto, é vulnerável ao desgaste e fragmentação. O sector primário, principalmente a agricultura e a pecuária, representa uma proporção significativa da economia açoriana. A região possui uma extensa rede de estradas agrícolas, rurais e florestais imprescindível para as atividades económicas locais e garantir a acessibilidade das populações mais rurais. Neste estudo, analisou-se a viabilidade técnica e económica da aplicação das bagacinas tratadas com cimento em pavimentos rodoviários de baixo volume de tráfego. Aplicaram-se duas bagacinas provenientes de jazidas diferentes existentes na ilha de São Jorge, foi realizada a sua caracterização geotécnica, e executaram-se provetes cilíndricos da mistura destas com vários teores em cimento, os quais foram testados em ensaios de resistência à compressão e à tração indireta. Por fim, apresenta-se uma proposta de soluções de pavimentos, baseada nos resultados obtidos. Conclui-se que as bagacinas tratadas com cimento apresentam-se como uma alternativa viável e mais económica às tecnologias de execução de pavimentos rodoviários correntemente aplicadas no arquipélago. No entanto, será necessária a realização de um estudo mais aprofundado, nomeadamente através da execução de ensaios de verificação da resistência à flexão e à fadiga e aplicações experimentais, de forma a garantir que é exequível a sua utilização. , en=The islands of the Azores archipelago, due to their volcanic origin are abundant in volcanic scoria, locally known as “bagacinas”. This natural aggregate is inexpensive and easy to extract and presents good geotechnical characteristics, such as a significant support capacity, good size distribution, non-plasticity and good drainage properties. However, it is vulnerable to impact, abrasion and fragmentation. The primary sector, mainly agriculture and livestock, represents a significant proportion of the Azorean economy. The region has an extensive network of agricultural and rural roads which are essential for the local economy and ensures the accessibility to the most rural population. The purpose of this study is to analyze the technical feasibility and cost-effectiveness of the application of cement treated volcanic scoria as a building material for low traffic road pavements in this archipelago. A geotechnical characterization of two different scoria samples from the São Jorge island was performed. And several cylindrical specimens, with various cement contents, were manufactured in order to test their compressive and indirect tensile strength. Finally, are presented several pavement solutions with various layer thicknesses for different traffic volumes and subgrade conditions. In conclusion, it was determined that cement treated volcanic scoriae are an economical and viable alternative to the current methods for road pavement building presently applied in the Azores. However, a more in-depth study is required, by performing flexural strength, flexural modulus and fatigue behavior tests as well as building an experimental road stretch to confirm its performance. }
{pt=escórias vulcânicas, piroclastos basálticos, bagacinas, estradas de baixo volume de tráfego, tratamento com cimento, en=volcanic scoria, basaltic pyroclasts, low traffic road pavements, cement treated materials}

Novembro 24, 2017, 9:30

Publicação

Obra sujeita a Direitos de Autor

Orientação

ORIENTADOR

Luís Guilherme De Picado Santos

Departamento de Engenharia Civil, Arquitectura e Georrecursos (DECivil)

Professor Catedrático